Home > Notícias

Justiça condena Dell por fraude e propaganda enganosa nos EUA

Tribunal norte-americano considera que a empresa descumpriu diversos acordos com clientes e fez cobranças indevidas.

IDG News Service/EUA

28/05/2008 às 11h35

Foto:

A Dell foi considerada culpada por fraude, propaganda enganosa e práticas abusivas de cobrança em processo conduzido pela procuradoria geral de Nova York.

A suprema corte do condado de Albany considerou que a empresa não ofereceu serviços de suporte técnico contratados por consumidores ou que constavam nos termos de garantia dos produtos.

O tribunal considerou que a empresa descumpriu os acordos feitos com clientes de diversas maneiras, inclusive fazendo com que as pessoas esperassem por longos períodos de tempo para serem atendidos por telefone, repetidamente transferindo ou desconectando as ligações.

Também foi considerado que a empresa falhou em consertar máquinas com problemas de hardware, sob a alegação que se tratavam de problemas de software. Além disso, a companhia se recusou a oferecer suporte para clientes com contrato vencido, mas que solicitaram reparos antes do término da garantia.
++++
A Dell e sua divisão de serviços financeiros, Dell Financial Services, foram consideradas culpadas de fazer propaganda de financiamentos especiais, mas venderam produtos sem informar aos consumidores que eles não se qualificavam na modalidade, cobrando taxas de até 30% posteriormente.

Além disso, a empresa cobrou indevidamente por pedidos cancelados e não autorizados. O tribunal ainda vai determinar os valores das indenizações.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail