Home > Notícias

Justiça condena Apple a pagar US$ 21,7 milhões por infração de patente

Juiz texano considerou que a empresa utilizou indevidamente tecnologia da companhia Opti em chips de memória.

Redação da Macworld/EUA

08/12/2009 às 10h08

Foto:

A Apple foi condenada a pagar  21,7 milhões de dólares à Opti. O último passo no processo, anunciado na semana passada pelo juíz Chad Everingham, no estado do Texas (EUA), concedeu vitória no caso à empresa californiana Opti, com multas de 19 milhões de dólares por infrações relacionadas ao acesso de memória e ao sistema de cachê em chips.Também foi determinada uma indenização adicional de 2,7 milhões de dólares.

O processo começou em janeiro de 2007. Segundo a Opti,  vários produtos da Apple desrespeitam suas patentes ao utilizar uma tecnologia de acesso de memória conhecida como “predictive snooping,” que aprimora a performance dos chips ao basicamente antecipar quais porções da memória precisam ser acessadas e fazendo um armazenamento (caching) antecipado.

A Opti, que licencia propriedade intelectual para um grande número de empresas, também está movendo um processo relacionado à mesma patente contra a AMD. O julgamento deste caso deve começar em fevereiro de 2010.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail