Home > Notícias

Justiça intima 72 empresas por descumprirem regras do call center

Balanço das 2 primeiras semanas mostra que serviços financeiros é o segmento que apresenta mais problemas.

Redação do IDG Now!*

19/12/2008 às 9h59

Foto:

Duas semanas após a aprovação da nova lei que determina mudanças em call centers, o  Ministério da Justiça afirmou que já intimou 72 empresas por descumprimentos das novas normas.

O balanço, divulgado nesta quinta-feira (19/12), indica que, das intimações enviadas, 24 se referem à empresas ligadas a serviços financeiros, 20 seguradoras, 18 de transporte terrestre, 6 de planos de saúde e 4 operadoras de telefonia fixa.

Outras 14 companhias foram notificadas pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do ministério para apresentarem explicações em dez dias.

As intimações são desdobramentos diretos da incapacidade de muitas empresas ajustarem suas centrais de atendimento às novas regras de maneira urgente, como constatado pelo IDG Now! no dia em que a lei entrou em vigor.

Na lista aparecem nomes como as operadoras de telecomunicações Oi, Vivo, Tim, Claro,  Net e Brasil Telecom, além das empresas de transporte Andorinha, Viação Medianeira, Transporte Turismo  e Transbrasiliana.

A listagem é elaborada a partir de reclamações enviadas diretamente ao Procon e compiladas pelo Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) em 22 Estados brasileiros.

Ainda que não tenham nenhuma empresa intimada, as operadoras de telefonia móvel lideram o ranking de reclamações recebidas pelo Sindec entre os dias 1° e 13 de dezembro.

São 275 reclamações contra os call centers das operadoras de telefonia móvel, contra 211 contra serviços de atendimento de operadoras de telefonia fixa. Empresas de cartão de crédito (177) aparecem em terceiro no ranking de reclamações, seguidas por bancos (77) e TV por assinatura (31).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail