Home > Notícias

Justiça proíbe a venda do Galaxy Tab no mercado alemão

Corte de Dusseldorf considerou o equipamento da Samsung uma imitação do iPad e determinou a suspensão permanente do equipamento

IDG News Service

09/09/2011 às 8h21

Foto:

A Samsung não pode mais vender o Galaxy Tab 10.1 na Alemanha. A pedido da Apple a Corte de Dusseldorf avaliou o caso e concluiu que o equipamento da Samsung é uma imitação do iPad 2, violando patentes da empresa.

No começo de agosto, um tribunal alemão já havia concedido uma ordem preliminar proibindo a venda Galaxy Tab 10.1. Agora, a decisão é considerada permamente, apesar de a empresa sul-coreana afirmar que vai recorrer à Suprema Corte de Dusseldorf.

"Estamos desapontados com esse resultado e acreditamos que ela restringe severamente as possibilidades de escolha do consumidor alemão”, declarou um porta-voz da Samsung. “Ao impor uma restrição baseada no visual genérico do equipamento, ela restringe a inovação e o progresso da indústria”, completa.

Segundo ele, a decisão também é inconsistente porque vai contra o que decidiu a Justiça holandesa no dia 24/8, que concluiu justamente o contrário.

Recentemente, a Samsung lançou o Galaxy  Tab 7.7 durante a IFA, feira de eletrônicos realizada em Berlim, mas teve que retirar o equipamento do seu estande, por conta das disputas judiciais. Esse modelo também está sendo alvo de um processo em separado.

Esta semana, a Apple disparou um golpe contra a Samsung no mercado asiático. A empresa entrou com uma ação também no Japão, pedindo a suspensão das vendas do Galaxy Tab. Essa briga vai longe...

galaxy_tab_10_1-360px.jpg

Galaxy Tab 10.1: proibição "permanente" na Alemanha

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail