Home > Notícias

Kingston apresenta família de unidades SSD

As novas unidades de armazenamento em estado sólido (SSD) da empresa estão divididas em quatro séries, com capacidades de 32 GB a 512 GB.

René Ribeiro, da PC WORLD

27/04/2010 às 16h27

Foto:

A Kingston, fabricante de produtos de memória, apresentou nessa terça-feira uma família de unidades de armazenamento de estado sólido, também conhecidas apenas pela sigla SSD (Solid State Drive).

Chamada de SSDNow, a família é composta por quatro séries. A série E é direcionada para ambientes de servidores corporativos (4.013 reais para a capacidade de 64 GB e 2.095 reais para 32 GB). Já a série M serve a usuários avançados e executivos, pois traz recursos de criptografia (2.526 reais para o SSD de 160 GB e 1349 reais para 80 GB).

A série V+ é recomendada para pequenas e médias empresas e desenvolvedores de sistemas (modelos de de 64 GB a 512 GB, com esse último ao preço de 7.349 reais). Por fim, a série V é direcionada para uso em empresas de pequeno porte e para usuários domésticos, com capacidades de 30 GB a 128 GB, com este modelo ao preço de 1.349 reais.

kingston-ssd-350.jpg

Família  de drives SSDNow: modelos para servidores e usuários finais

As unidades da série V podem vir acompanhadas com um CD com software de clonagem, cabo USB e um gabinete externo, que ajuda o usuário a fazer o "upgrade" do disco rígido (HD) para uma unidade SSD. Nesse caso, o preço da unidade de 128 GB, por exemplo, sobe para 1.406 reais.

Leia também:
>> Teste com o modelo de 128 GB da série V
>> Assista o vídeo sobre upgrade para SSD, com teste de velocidade

A migração é fácil: basta retirar o disco rígido do notebook e instalá-lo no gabinete. Em seguida instala-se o SSD na máquina e o gabinete com o HD é conectado a uma porta USB da máquina. Em seguida basta "dar boot" com o CD que acompanha o kit, que fará automaticamente a cópia dos dados do HD para o SSD.

Segundo a Kingston o conteúdo do HD é clonado em, no máximo, uma hora, dependendo da quantidade de dados. A unidade até pode ser instalada em desktops, porém o espaço disponível no SSD ainda é pequeno, comparado com um HD tradicional.

As unidades SSD possuem uma série de vantagens sobre os discos rígidos convencionais. Elas são compostas por chips de memória, o que elimina partes móveis. Por esse motivo a velocidade de acesso aos dados é muito superior à de um HD e a resistência da unidade contra quedas é maior, o que dá mais segurança aos dados gravados.

Os drives já estão à venda nas principais distribuidoras e revendas do país.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail