Home > Notícias

Kit da Freescale facilita o desenvolvimento de “wearables”

Batizado de Warp, diminuto computador facilita o desenvolvimento e prototipagem de eletrônicos “para vestir”.

Agam Shah, IDG News Service

06/01/2014 às 12h51

Freescale_Warp-435px.jpg
Foto:

A Freescale Semiconductor quer que os usuários desenvolvam e testem seus próprios “wearables”, eletrônicos para vestir usados como acessórios, usando um diminuto computador.

Segundo a empresa o kit de desenvolvimento Warp permite a criação de smart glasses (como o Google Glass), smart watches (como o Galaxy Gear), pedômetros, monitores cardíacos e outros aparelhos. O kit inclui um diminuto computador sem gabinete, pouco maior que uma moeda, que pode ser usado como plataforma para prototipagem e testes de novos conceitos antes de sua produção.

De acordo com a Freescale o produto é voltado tanto à comunidade de Makers, indivíduos que gostam de explorar tecnologias com uma abordagem “faça você mesmo”, quanto a empresas que querem uma forma de acelerar o desenvolvimento de produtos.

“As empresas podem usar nossa plataforma como uma base para seus produtos, e investir seus recursos em inovação e diferenciação”, disse Robert Thompson, um diretor na empresa.

O Warp, que tem preço sugerido de US$ 149, é como uma versão em miniatura do Raspberry Pi, um diminuto computador baseado em Linux do tamanho de um cartão de crédito. Mas com recursos como a capacidade de recarregar uma bateria sem fios, o produto da Freescale é otimizado para dispositivos de baixo consumo com conexão wireless e que são usados junto ao corpo. O Raspberry Pi é mais indicado para robótica, eletrônica embarcada, sistemas de entretenimento e outros usos onde normalmente seria utilizado um PC convencional.

“O Warp provê os blocos básicos para a solução dos principais desafios encontrados pelos fabricantes de wearables - conectividade, autonomia de bateria, miniaturização e usabilidade”, disse Thompson. O kit foi anunciado às vésperas da CES 2014, evento de tecnologia que acontece durante esta semana em Las Vegas, nos EUA, e onde espera-se que os wearables, como relógios inteligentes, óculos de realidade aumentada e roupas com sensores, sejam uma categoria de destaque.

O mercado de wearables está crescendo rapidamente, e é visto como uma oportunidade emergente para os fabricantes de dispositivos e chips. No mês passado o Gartner previu que o segmento de wearables, apps e serviços para saúde e bem estar chegará a US$ 5 bilhões em 2016, em comparação aos US$ 1.6 bilhões em 2013.

Um elemento importante em um wearable é a conectividade, e o Warp tem suporte a Bluetooth e Wi-Fi 802.11. Mas não há suporte a Zigbee, uma tecnologia que é usada para comunicação em um amplo número de sensores. O Warp também tem uma interface para conexão de telas E-Ink e LCD, interface USB, um sistema de gerenciamento de energia e sensores como acelerômetro e magnetômetro. É possivel adicionar novos recursos usando placas de expansão, chamadas de “Daughter Cards”.

“Temos dois Daughter Cards em desenvolvimento que planejamos lançar em 2014, e que permitirão outros usos como ECG e monitoramente cardíaco contínuo”, disse Thompson. Segundo ele, ao explorar novos modelos de uso a comunidade de usuários do Warp irá ajudar no desenvolvimento de novas placas de expansão.

O Warp é baseado em um processador single-core i.MX 6 SoloLite, baseado na arquitetura ARM Cortex-A9. É capaz de produzir gráficos 2D e tem consumo de energia mínimo. O chip tem suporte a memória externa LPDDR2 de 32 Bits ou memória DDR3 de baixa voltagem. Também há suporte a rede Ethernet e cartões SD.

O computador roda o sistema operacional Android 4.3 e vem acompanhado de um kit de desenvolvimento de software. O hardware é Open Source, e a Freescale afirma que irá publicar o esquemático da placa para que outros possam reproduzí-la. “Estamos seguindo as melhores práticas definidas pela Open Source Hardware Association. Também iremos publicar uma versão completamente Open Source do Android 4.3 para nosso produto, mas com funcionalidade limitada”, disse Thompson.

Segundo a Freescale o Warp é resultado de uma colaboração com a desenvolvedora de software Kynetics e a empresa de robótica Revolution Robotics.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail