Home > Notícias

Kodad processa Apple e RIM por quebra de patente

Companhia fotográfica afirma que possui patente do sistema de pré-visualização de fotos das câmeras do iPhone e BlackBerry; ITC vai investigar o caso

IDG News Service

18/02/2010 às 11h08

Foto:

A Comissão Internacional de Comércio dos Estados Unidos (ITC, da sigla em inglês) vai investigar a Apple e a Research in Motion (RIM) baseada em uma queixa feita pela Kodak.

A Kodak alega que tanto a câmera do iPhone quanto a dos dispositivos BlackBerry infringem patentes de tecnologias de pré-visualização de imagens pertencentes à empresa de fotografia.

Em uma ação separada, a Kodak acusou a Samsung de quebrar a mesma patente, e a ITC concluiu que a infração foi cometida. Porém, em janeiro, as empresas anunciaram um acordo de cruzamento de licenças, encerrando o caso.

Segundo a Kodak, ela tentou, antes de entrar com a ação contra Apple e RIM, uma conversa para resolver a questão, mas não chegou a um acordo. Agora a Kodak quer impedir a importação de produtos que usem a patente que alega ter sido quebrada.

A RIM se recusou a comentar o caso após o primeiro pedido de investigação ter sido feito pela Kodak ao ITC e adota  a mesma postura quando a Justiça se decide pela investigação. A Apple não respondeu aos pedidos de entrevista.

A ITC terá 45 dias para estabelecer uma data para o encerramento da investigação.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail