Home > Notícias

Lançamento do Snow Leopard leva empresa a processar a Apple

Psystar afirma que "tem o direito de oferecer máquinas com o novo sistema operacional" e acusa a Apple de práticas monopolistas.

Redação do Macworld/EUA

01/09/2009 às 11h25

Foto:

Mais conhecida por seus clones de Mac e pelas disputas judiciais que eles causaram à empresa, a companhia norte-americana Psystar abriu um novo processo contra a Apple, alegando o direito de instalar cópias do novo sistema operacional Snow Leopard em seus computadores.

No documento enviado ao tribunal de justiça da Flórida, a Psystar solicita que seja garantido o direito de comprar as licenças do Mac OS X 10.6 (Snow Leopard) e de instalar o software nas máquinas que vende. A empresa afirma que, ao proibir isso, a Apple está monopolizando o mercado de computadores.

No mês passado, a empresa de pesquisa de mercadoNPD Group estimou que a Apple controla 91% do mercado de computadores nos Estados Unidos que custam mais de 1.000 dólares.

No processo (de 14 páginas), a Psystar pede uma indenização pelos danos causados pela proibição do uso do Mac OS X com os hardwares da empresa.

A Apple e a Psystar travam uma guerra de processos judiciais desde julho de 2008, quando a Apple processou a Psystar por violar os seus direitos autorais vendendo clones de seus produtos. Esse processo está previsto para ir ao júri em  11/1/2010.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail