Home > Notícias

Lenovo lança linha de notebooks ThinkPad para o SMB no Brasil

Principal mudança está no design dos portáteis, que vêm acabamento black piano, recursos multimídia e saída HDMI.

Tatiana Americano, da Channel World

25/09/2008 às 12h07

Foto:

Após anunciar, em agosto último, a primeira linha de desktops exclusivos para o segmento de pequenas e médias empresas, a Lenovo prepara agora a comercialização de uma família de notebooks desenvolvidos especificamente para o SMB, mercado no qual a fabricante atua 100% por meio de vendas indiretas. "Os distribuidores vão iniciar as vendas desses novos equipamentos em outubro", avisa Francisco Julião, diretor de canais e SMB da fabricante no País.

As principais diferenças dos notebooks para o SMB - que fazem parte da família ThinkPad e vão ser vendidos em versões de 15 polegadas (SL 500) e de 14 polegadas (SL 400) -, está no design dos equipamentos, com acabamento em 'black piano'. "Além disso, têm configurações extremamente sofisticadas, com recursos multimídia e saída HDMI", pontua Julião, ressaltando, no entanto, que isso não deve refletir no valor das máquinas. "Sabemos que o SMB é muito sensível a preços. Assim, o modelo topo de linha vai girar em torno de R$ 2,5 mil a R$ 2,7 mil", pontua o diretor.

A iniciativa de comercializar produtos exclusivos para o SMB faz parte de uma estratégia da fabricante no Brasil para reconquistar sua presença nesse mercado. Para tanto, Julião informa que uma de suas missões é garantir um crescimento trimestral de 50% na unidade, até meados de 2009.

Nesse sentido, o executivo informa que a Lenovo já estuda o lançamento dos primeiros servidores - anunciados nos Estados Unidos em 16 de setembro - no País. "E, apesar de não ter nada definido quanto a quais modelos vão ser trazidos para o Brasil, acredito que a área de SMB tende a ser um grande consumidor desses produtos", analisa o diretor, enfatizando que, hoje, o território brasileiro tem despontado como um dos principais mercados para a fabricante no mundo.

Balanço das vendas de desktops

Desde o anúncio da primeira linha exclusiva para o SMB, em agosto, as vendas dos modelos de desktops que compõem a série (3000 E) já representam três vezes o volume mensal de unidades dos demais computadores da companhia, segundo Julião.

O segredo para esses resultados, de acordo com o executivo, está na preocupação que a companhia teve em desenvolver um produto específico para o mercado brasileiro e que privilegiasse sofisticação tecnológica, mas com preço acessível, e, principalmente, estivesse disponível para pronta entrega.

"Para garantir a disponibilidade dos produtos estabelecemos que um modelo no qual os distribuidores sempre têm os equipamentos para entrega imediata para as revendas", ressalta o diretor, que acrescenta: "E para ter essa agilidade, optamos por trabalhar apenas com três configurações, mas que atendem os mais diversos perfis de empresas".

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail