Home > Dicas

Leve o áudio do PC ou videogame para seu aparelho de som

Aproveite seu microsystem ou eletrônico semelhante para tirar o máximo de som de games, músicas ou vídeos em seu PC.

Fernando Petracioli, repórter da PC WORLD

27/03/2009 às 16h53

PC_Som_ilustra150.jpg
Foto:

Reportagem feita a partir de dúvida de leitor; saiba mais

pc_som_150Você é daqueles que escuta seu acervo de mp3 nas sofríveis caixinhas de som do PC enquanto tem um aparelho de som potente à disposição na sala ou no quarto?

Como você já deve ter pelo menos suspeitado, é perfeitamente possível utilizar seu microsystem ou aparelho do gênero para reproduzir o áudio de seu computador – evidentemente, com muito mais qualidade.

Fazer essa ligação é extremamente simples. Mas antes de começar será necessário verificar se o seu som possui a função ‘Auxiliar’, ou alguma equivalente. Consulte o manual do aparelho ou o site da fabricante.

Após checar essa informação, você vai precisar apenas de um cabo cujas extremidades sejam, de um lado, ‘macho’ P2, e do outro, ‘macho’ RCA. Diz-se ‘macho’ pois se trata do pino, e não do receptor da conexão.

A conexão P2 também é chamada de 3,5 milímetros (praticamente um padrão atualmente) e ainda é conhecida popularmente como ‘bananinha’. Você vai encaixá-la em alguma saída de áudio de seu computador – que pode ser a conexão da placa de som ou mesmo qualquer saída para fone de ouvido.

p2_350

Conexões coloridas desta placa de som PCI são modelo P2

Tome cuidado para não colocar o cabo P2 na entrada de áudio da placa de som, pois o encaixe de ambas é igual; para não haver erro, é só colocá-lo no lugar da sua caixinha de som.

Já a extremidade RCA se compõe, na verdade, de duas conexões distintas. Em geral uma delas é vermelha e a outra, branca. Procure no seu aparelho de som pela entrada ‘Auxiliar’; ela pode estar com o nome de ‘Vídeo’, pois é muito comum que seja usada para conectar o áudio de um tocador de DVD ou Blu-ray, por exemplo.

cabos_p2_rca_350

Preste atenção nas cores, combinando os cabos com os conectores do som, que também são vermelho e branco, via de regra.

Na hora de encaixar os cabos, é melhor fazê-lo com todos os aparelhos desligados para evitar problemas. Com tudo conectado, é só alternar o seu aparelho de som para o modo ‘Auxiliar’, ou função equivalente. Pronto: todo áudio reproduzido pelo PC será emitido nas caixas de seu aparelho de som, com muito mais potência e qualidade.

Outras conexões
As orientações acima servem para a maioria dos casos. No entanto, pode haver alternativas, dependendo do seu PC e do seu som. Uma delas é o cabo USB. O seu computador certamente possui uma conexão dessas, mas, no caso do seu som, a probabilidade não é muito grande.

Além disso, o som precisa possuir um decodificador de som USB, de acordo com Robson Fernandes, gerente de produtos da Superkit. Consulte o manual do aparelho ou o site da fabricante.

Em caso positivo, é possível até ir além, pois este tipo de som consegue ler pendrives com mp3, por exemplo, dispensando até mesmo a conexão direta com o PC – afinal o ‘player’ dos arquivos de música passaria a ser o próprio aparelho de som.

Mas se sua intenção for colocar o áudio de um game no som enquanto joga, deverá mesmo usar um cabo USB.

Outra possibilidade é a de sua placa de som oferecer a saída digital S/PDIF. Esse tipo de conexão, juntamente com o cabo óptico que se usa nela, além de proporcionar melhor qualidade, ainda livram a comunicação de possíveis interferências, de acordo com Fernandes.

spdif_350

Modelo de entrada S/PDIF, que conduz dados por fibra óptica

Nesse caso, seu aparelho de som também deverá ter uma conexão S/PDIF – de entrada, evidentemente – o que não é comum nesses equipamentos, pelo menos nos mais antigos. O cabo digital óptico possui as duas extremidades idênticas.

cabo_spdif_350

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail