Home > Notícias

LG está produzindo telas curvas para smartphones

Aparelhos com telas côncavas de 6 polegadas podem chegar ao mercado no exterior ainda neste ano.

Jared Newman, TechHive

07/10/2013 às 12h44

Foto:

A LG anunciou que está pronta para iniciar a produção em massa de suas primeiras telas OLED flexíveis para uso em smartphones. A LG diz que seu painel é “verticalmente côncavo, de cima a baixo”, e que a curva tem um raio de 700 mm. Ele também é um dos mais finos e mais leves do mundo, segundo a empresa: um painel de 6 polegadas tem 0,44 mm de espessura e pesa 7,6 gramas.

A LG não diz quando smartphones equipados com as novas telas irão chegar ao mercado, mas segundo a agência de notícias Reuters a empresa irá lançar seu primeiro smartphone com tela curva em Novembro. De acordo com a CNET aparelho poderá se chamar G Flex e ter uma tela de 6 polegadas. Não há mais detalhes disponíveis.

A estratégia parece similar à da Samsung, que segundo rumores irá lançar uma edição limitada do Galaxy Note com uma tela curva no final deste mês. A Samsung ainda não anunciou planos para produção em massa, mas tem sido bastante enfática em seu objetivo de produzir telas curvas.

Adeus, vidro!

Ambas as empresas usam plástico, em vez de vidro, como o substrato de suas telas. Isto deve permitir a elas chegar ao mercado mais cedo, já que telas de vidro flexível ainda estão a alguns anos de se tornar realidade. Entretanto, LG e Samsung diferem literalmente na “direção” adotada. Enquanto a tela da LG se curva de cima a baixo, a da Samsung se curva de um lado ao outro, permitindo que a tela cubra também as laterais do smartphone.

Além do fator “legal” de uma tela curva, a vantagem de ambas as tecnologias é uma maior durabilidade (em seu press release, a LG chamou sua tela de “inquebrável”). Telas curvas também podem ser úteis em dispositivos “vestíveis”, como relógios inteligentes, onde tornariam possível telas que acompanham o contorno do corpo do usuário.

Por mais interessante que isso possa parecer, vale notar que a LG não está falando em preços ou eficiência energética, e a Reuters nota que tanto o custo quanto a resistência ao calor tem sido obstáculos na produção em massa destes novos tipos de telas. Telas curvas podem ser a próxima tendência em eletrônicos portáteis, mas não se empolgue até vê-las em produtos nas lojas.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail