Home > Notícias

Licença de funcionamento do Google é renovada pelo Governo Chinês

Empresa vinha aguardando uma decisão há semanas; Resultado permite manter seu mecanismo de busca hospedado nos servidores do país.

Redação do IDG Now!

09/07/2010 às 12h21

Foto:

A Google anunciou nesta sexta-feira (9/07) que manterá suas operações na China, pois sua licença foi renovada pelas autoridades do país. O breve comunicado foi feito por meio do blog oficial da empresa.

“Estamos muito satisfeitos pelo Governo ter renovado nossa licença ICP e pretendemos continuar a oferecer busca na internet e produtos locais a nossos usuários na China”.

Qualquer site hospedado no Estado chinês precisa de um certificado emitido pelo Ministério de Indústria e de TI. Apesar de ter validade maior, a licença tem de ser renovada a cada ano. A da Google, por exemplo, expira em 2012.

Histórico
As reviravoltas no acordo entre China e Google foram constantes. Em março deste ano, por exemplo, a empresa encerrou o funcionamento do Google.cn, de modo a respeitar a legislação e a censura imposta pelo Governo. 

No lugar de fechar completamente as portas para o público internauta do país de Mao-Tse Tung, o gigante de buscas redirecionava as queries para o servidor não-bloqueado de Hong Kong, o Googel.com.hk. Na época, a Google afirmou tratar-se de uma manobra razoável, mas apontava para o fato do governo chinês poder bloquear o acesso ao site de uma vez por todas e a qualquer momento. 

Em 29/06, no entanto, o redirecionamento automático das buscas foi desativado com o intuito de agradar os membros do Partido Comunista antes da decisão final. Na ocasião, o vice-presidente de desenvolvimento corporativo da companhia, Dave Drummond, afirmou:

“Ficou evidente em conversas que tivemos com pessoas do governo chinês que o redirecionamento era algo inaceitável para eles e que, se continuássemos com a manobra, a licença para operação no país poderia ser revogada”

Agora, a Google poderá enfrentar por mais um ano, pelo menos, seu principal concorrente na região, o Baidu. A companhia vinha aguardando um veredicto há semanas e, a princípio, pensara que, no mais tardar, o processo chegaria ao fim em 1/07.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail