Lime encerra operações no Brasil após seis meses no país

Empresa deixará de funcionar em 12 cidades pelo mundo

Foto: Shutterstock
https://pcworld.com.br/lime-encerra-operacoes-no-brasil-apos-seis-meses-no-pais/
Clique para copiar

A Lime, gigante dos patinetes elétricos, anunciou, na última quinta-feira (09), que está encerrando sua atividade no Brasil. A empresa chegou por aqui em julho de 2019 e já está indo embora devido ao alto custo que encontrou para manter seus serviços com o argumento de que está deixando as cidades em que “a micromobilidade evoluiu mais lentamente”.

Com prejuízo estimado em US$ 300 milhões (aproximadamente R$ 1,2 bilhão) durante todo o ano de 2019, a Lime terá que deixar de operar em 12 cidades pelo mundo. Além de São Paulo e Rio de Janeiro, as duas cidades em que atuava no Brasil, fazem parte da lista as cidades sul-americanas de Bogotá (Colômbia), Buenos Aires (Argentina), Montevidéu (Uruguai), Lima (Peru) e Puerto Vallarta (México), uma cidade europeia chamada Linz (Áustria), bem como as cidades estadunidenses de Atlanta, Phoenix, San Diego e San Antonio.

Acontece que as empresas de patinetes elétricos, no geral, encontram dificuldades para obter lucros. No caso da Lime no Brasil, os custos se tornaram insustentáveis, já que a empresa continuava deficitária mesmo com crescimento de 20% ao mês.

“Independência financeira é o nosso objetivo para 2020 e estamos confiantes de que a Lime será a primeira companhia da nova geração de mobilidade a atingir lucratividade”, escreveu Brad Bao, CEO da Lime, em comunicado nas redes sociais. De acordo com analistas, a Lime ainda sobrevive com o dinheiro de investidores.

Com informações do Engadget

Relacionadas

Patinetes elétricos da Uber chegam ao Brasil

A cidade de Santos, em São Paulo, está fazendo as honras

São Paulo passará a cobrar taxa das empresas de patinetes elétricos

Os valores serão retidos pelo uso das vias públicas da cidade

O papel dos aplicativos na mobilidade urbana

Entrega de comida, carona de carro, aluguel de patinete, e assim por diante

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site