Home > Notícias

LinkedIn refaz aplicativo para tentar manter usuários mais conectados

Nova app Connected para iOS adota interface de cartões para entregar atualizações sobre os contatos dos usuários da rede social corporativa

Zach Miners, IDG News Service

10/07/2014 às 10h13

linkedinconnected.jpg
Foto:

Mais uma vez, o LinkedIn tenta criar um serviço no celular que ajuda a
manter as pessoas em contato, mesmo quando não estão ativamente à procura de
emprego.

Para fazer isso, a rede social profissional lança nesta quinta-feira um aplicativo independente, totalmente redesenhado. O Connected, como foi batizado, é uma revisão do aplicativo Contacts, lançado no ano passado, mas que acabou por se mostrar pouco interativo. Atuais usuários do Contacts serão solicitados a atualizá-lo para o novo aplicativo já a partir desta
quinta-feira.

O novo aplicativo irá focar em trazer novidades sobre as conexões das pessoas para o seu dispositivo móvel. Eventos como mudanças de emprego, aniversários de trabalho ou menções em notícias vão aparecer na forma de cartões, com navegação lateral. Basta deslizar o cartão para a direita ou para a esquerda para rejeitá-lo. Ao chegar ao fim de uma série de cartões, o LinkedIn pode recomendar algumas outras pessoas para se conectar.

Os usuários podem interagir com os cartões como se fossem um post no Facebook, por exemplo, incluindo comentários ou até mesmo iniciando uma chamada
telefônica.

Apenas para iOS

Por enquanto o aplicativo está disponível em inglês e para a plataforma iOS, mas existem planos em andamento para o lançamento de uma versão Android e
versões internacionais. As pessoas precisam adicionar contatos existentes em suas contas do Linkedin manualmente, no app. Eles carregam assim que entramos com
o login do LinkedIn.

O app principal do LinkedIn já fornece atualizações sobre seus contatos. Então, qual é a diferença? Na opinião do linkedin, a interface de cartões do
aplicativo Connected proporciona um foco singular sobre as pessoas, diferente. O aplicativo não permitirá que os usuários, por exemplo, editem os seus perfis,
procurem emprego, ou sigam empresas. Pense nele apenas como uma ferramenta de verificação de perfis, para ver o que seus amigos estão fazendo, mas em um
contexto profissional.

David Brubacher, diretor de produtos no LinkedIn, considera o novo app um novo caminho para que as pessoas invistam em suas networks. Especificamente, o
LinkedIn espera que o aplicativo dê às pessoas uma maneira mais fácil de manter contato com suas conexões, particularmente se eles não têm tempo para um
contato presencial mais regular.

Mais networking

"Este aplicativo ajuda você a investir em seus relacionamentos hoje, para florescer oportunidades para você amanhã", disse a empresa em seu
anúncio.

Em outras palavras, o Linkedin está tentando tornar o seu serviço um destino tão frequente quanto o Facebook ou o Twitter. Essa é uma meta difícil, para um
site destinado a profissionais. Para decolar, o app depende da disponibilidade e do interesse das em verificar outro aplicativo para manter-se atualizado
sobre seus amigos de trabalho.

Para tal, aplicativo também visa fornecer algumas informações úteis, como números de telefone e conexão com a agenda de compromissos. Se o usuário ativar
as notificações no aplicativo, poderá receber notificações push como lembretes e alertas antes das reuniões, ou instruções para  se conectar com as
pessoas no LinkedIn depois de encontros presenciais.

Os usuários serão capazes de ajustar essas notificações em suas configurações. "Não é a nossa meta bombardeá-los com notificações push ao longo do dia", disse Vinodh Jayaram, diretor de engenharia do LinkedIn.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail