Home > Notícias

Linksys traz novos roteadores Wireless-N para o mercado nacional

Com design diferenciado e preços atraentes, empresa quer popularizar a tecnologia

Rafael Rigues

15/04/2010 às 17h08

Foto:

"Incentivar a adoção da tecnologia 802.11n de redes sem fio no mercado brasileiro". Segundo John Tester, Gerente de Produtos para Redes Domésticas da Cisco na América Latina, este é o objetivo da empresa com três novos produtos Linksys, marca da Cisco para o consumidor doméstico, que chegam em breve aos varejistas de informática em todo o país.

São eles o roteador WRT120N (com quatro portas integradas e firewall), o "combo" roteador e modem ADSL WAG120N e o roteador WRT160N, com tecnologia MIMO que amplia o alcance do sinal e um sistema de firewall mais sofisticado. Todos com um design bastante elegante em preto e uma característica curiosa em produtos desta categoria: nenhuma antena externa.

WRT120N-300px

WRT120N: Conexões a 300 Mbit/s e design diferenciado

Um dos focos dos novos produtos é a facilidade de uso. "A idéia é que o consumidor possa tirá-los da prateleira e colocá-los para funcionar com o mínimo de esforço", diz Diogo Superbi, engenheiro de vendas da empresa. Para isso a empresa investe em software que automatiza a configuração do equipamento, manuais adaptados ao mercado nacional descrevendo as configurações para os mais populares provedores de banda larga (no caso de produtos que incluem um modem ADSL, como o WAG120N) e atendimento telefônico de segunda a sábado.

Uma combinação da pouca disponibilidade de hardware compatível (como notebooks e desktops) e as baixas velocidades na maioria das conexões de banda larga domésticas no Brasil contribui para a lenta adoção da tecnologia 802.11n entre os consumidores. Mas além de conexões de alta velocidade (até 300 Mbit/s, contra os 54 Mbi/s do 802.11g), há outros benefícios.

"Um deles é o alcance muito maior do sinal, além da maior velocidade na transferência de arquivos entre máquinas na mesma rede", diz Demétrio Gatos, Diretor Comercial de Varejo da divisão de produtos de consumo da Cisco no Brasil. O executivo estima que equipamentos 802.11n superem os com tecnologia 802.11g no mercado nacional em dois ou três anos. Nos Estados Unidos isto já é uma realidade: segundo Tester, 80% dos produtos comercializados pela empresa lá seguem o padrão 802.11n

Mas reconhecendo a realidade do mercado nacional, a empresa ainda investe na tecnologia G. Outro novo produto é o WRT54GH-BR. Trata-se de um roteador básico com quatro portas Ethernet e tecnologia SpeedBurst, que possibilita velocidade de transmissão, entre máquinas compatíveis, maior que um equipamento 802.11g "puro". Pouco maior que uma caixinha de CDs (11 x 11 x 3,2 cm, 170 gramas), o aparelho é compacto e pode ser instalado em qualquer canto sem chamar a atenção.

WRT54GH-300 pixels

WRT54GH: Compacto e de baixo custo

O produto é o mais novo membro de uma longa linha de roteadores 802.11g da Linksys, famosa entre os entusiastas de tecnologia pela possibilidade de modificação do firmware, o software embutido no aparelho que governa seu funcionamento. Embora o WRT54GH-BR não seja modificável como seus antecessores, a empresa mantém em sua linha alguns produtos para agradar aos entusiastas, como o WRT54GL e o E2100L, este último disponível apenas nos EUA.

Os novos roteadores Linksys devem chegar ao mercado até a segunda quinzena de maio. Os preços estimados são de R$ 129 pelo WRT54GH-BR, R$ 199 pelo WRT120N, R$ 299 pelo WAG120N e R$ 349 pelo WRT160N. 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail