Home > Notícias

Live Search começa a ser usado como motor de buscas do Facebook

Com investimentos da Microsoft, rede social começa a usar serviço como engine de busca por perfis, grupos e páginas internas.

IDG News Service/EUA

08/10/2008 às 9h51

Foto:

O Facebook estreou, na terça-feira (07/10), a busca pela web dentro do Facebook, usando o mecanismo Live Search, da Microsoft. A novidade, anunciada em julho, beneficiará ambas as empresas. Mas antes, é preciso convencer os usuários a usarem o buscador.

"Não tenho certeza se a experiência oferecida é boa", pondera o analista da Sterling Market Intelligence, Greg Sterling. Os usuários do Facebook podem ver que, ao executarem uma pesquisa pela rede social, um menu aparece e mostra as opções de busca no Facebook ou na web.

Caso escolham a segunda opção, os resultados aparecem em uma nova página, com anúncios localizados à direita. No topo da lista de resultados, é possível clicar em um link para uma "busca avançada no Live.com".

Ainda assim, o negócio é uma evolução para a Microsoft, que deseja obter maior participação no mercado de buscas. Este pode, inclusive, ser o maior acordo na área em termos de usuários potenciais, afirma Sterling. A empresa é dona de uma parte do Facebook e possui acordo exclusivo para anúncios no formato banner.

Os resultados da busca têm aparência diferente de outros mecanismos, o que é uma desvantagem. Cada item aparece em uma caixa que lista o site, a descrição do mesmo e um link. "A apresentação é um pouco estranha, pouco familiar", afirma Sterling.

As empresas, contudo, encaram a inovação como um teste, com planos de incluir mais recursos. "Enquanto avaliamos os resultados e o feedback dos usuários, exploraremos maneiras adicionais de integrar o Live Search mais profundamente no Facebook", escreveu Angus Norton, diretor de gerenciamento de produto do Live Search no blog do serviço.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail