Home > Notícias

Lixo eletrônico americano estaria sendo enviado para Hong Kong

Greenpeace intercepta containeres com restos tecnológicos que seriam desovados na província de Guangdong.

IDG News Service/Japão

16/06/2008 às 9h07

Foto:

O grupo ambientalista Greenpeace disse ter identificado três containeres de lixo eletrônico prontos para serem descarregados no porto de Hong Kong no final de semana.

Os containeres saíram do porto de Oakland e tinham como destino o distrito de Sanshui, na província de Guangdong.

Em um vídeo distribuído pela organização, ativistas que abordaram o barco são vistos segurando uma faixa que diz: “Lixo tóxico não é bem vindo aqui”.

O Departamento de Proteção Ambiental de Hong Kong ordenou que os containeres fiquem presos no píer até que o dono apareça para inspeção, disse Lo Sze Ping, diretor de campanha do Greenpeace. As autoridades de Hong Kong não puderam ser localizadas imediatamente para comentar o assunto.

O Greenpeace disse que Hong Kong é um importante ponto de passagem para o lixo eletrônico por causa de falhas nas leis de regulação ambiental do território. Entre elas, os importadores podem alegar que os restos são para reciclagem ou reuso para burlar os controles, disse o grupo.
++++
O lixo eletrônico é um dos alvos da organização. Entre 20 milhões e 50 milhões de toneladas de lixo eletrônico são produzidos anualmente, mas 75% deste total “desaparece”.

Se não for corretamente descartado, as substâncias tóxicas contidas no lixo eletrônico podem contaminar o ambiente.

A cidade de Guiyu, também na província de Guangdong, é um dos maiores centros de reciclagem de eletrônicos do mundo, mas a indústria formal em seu entorno é primitiva, com sérios riscos à saúde dos trabalhadores.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail