Home > Notícias

Lucro da AT&T aumenta no 1º tri por vendas de iPhones

Vendas dos celulares e demissão de 10 mil funcionários foram responsáveis por rendimento 22% maior.

Redação do IDG Now!

22/04/2008 às 17h25

Foto:

A AT&T, maior empresa de telefonia dos Estados Unidos, disse à Bloomberg que seu rendimento no primeiro trimestre de 2008 aumentou 22% por causa das vendas do celular da Apple e devido à demissão de dez mil funcionários após a aquisição da BellSouth, em 2006.

No final do ano passado, a empresa já tinha quase dois milhões de usuários de iPhones na sua rede. “Enquanto a Apple planeja lançar um novo modelo do aparelho com capacidade para downloads mais velozes (compatível com redes 3G), a demanda pelo modelo que está no mercado ficou estável no último trimestre”, disse o CFO da AT&T, Rick Lindner.

O executivo não quis divulgar quantos iPhones fazem parte da rede atualmente. O lucro da AT&T, fora despesas com aquisições, foi de 74 centavos por ação, conforme estimativa média de 22 analistas de uma pesquisa feita pela Bloomberg.

As ações da AT&T ficaram seis centavos mais caras e chegaram aos 37,95 dólares na madrugada desta terça-feira (22/04), na bolsa de valores de Nova York. Até então, as ações acumulavam queda de 9,6%. No primeiro trimestre, as ações caíram 7,8% - maior queda dos trimestres desde 2005.

Na Nasdaq, as ações da Apple caíram 5,3%, atingindo os 159,29 dólares.

Mais de 40% dos compradores de iPhone são clientes novos da AT&T, e o usuário comum do aparelho da Apple gasta mais de 90 dólares por mês com serviço sem fio, incluindo acesso à internet e mensagens de texto.

Esse valor é quase o dobro dos 50 dólares gastos em média por todos os clientes de serviços sem fio da AT&T.
++++
Serviços de dados como mensagens de texto e acesso à internet foram responsáveis por 21,5% das contas pagas pelos usuários de celular. No ano passado, a média era 16%.

Essa mudança torna o negócio de serviços sem fio mais rentável. A margem de lucro com que a AT&T opera em serviços sem fio aumentou de 38,9% para 41,7% em um ano.

A AT&T é a operadora exclusiva do iPhone desde quando ele foi lançado, em junho do ano passado.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail