Home > Notícias

MacBook Air x notes de mesmo preço: Apple perde em desempenho

Testes da PC World/EUA mostram que, comparado a portáteis com Windows 7 na mesma faixa, o compacto fica para trás

Alex Wawro - PC World/EUA

06/12/2010 às 12h32

Foto:

Recentemente, depois de testar dois modelos do MacBook Air rodando Windows 7, a PC World/EUA publicou resultados que mostraram que os laptops finos da Apple se saíram muito bem em relação a netbooks e ultraportáteis com Windows.

Vários leitores comentaram o artigo, muitos argumentando que “o MacBook Air custa muito mais caro do que a maioria dos laptops testados".  E perguntavam: "como ele se sairia em relação a notebooks na mesma faixa de preço?"

É uma questão relevante, por isso, a publicação resolver fazer a comparação. Os números mostraram que muitos notebooks com Windows na mesma faixa de preço no mercado norte-americano tiveram melhor desempenho em relação aos modelos testados do MacBook Air de 11 e 13 polegadas. Claro que há diferenças de estrutura: muitos dos laptops que se saíram melhor do que o Air, além de serem maiores e mais pesados, não possuem boa autonomia de bateria. Contudo, caso esteja interessado em economizar, certamente o MacBook Air não é a melhor saída.

PC World usou a ferramenta Boot Camp da Apple para carregar o Windows 7 nos novos MacBooks Air de 11 e 13 polegadas, e o benchmark foi feito no WorldBench 6; foram utilizados também os jogos Call of Duty 4 e DiRT 2.

Primeiramente, foi testado o Macbook Air de 11 polegadas (1.199 dólares - 3.799 reais no Brasil), que vem com processador Core 2 Duo de 1,4 GHz, 2GB de RAM, 128GB de memória flash e chip gráfico Nvidia GeForce 320M. O laptop ganhou nota 74 no WorldBench 6 e manteve uma taxa de 23 frames por segundo enquanto rodava Call of Duty 4 em resolução 1024x768 e configurações avançadas de gráficos.

Já o modelo de 13 polegadas que possui processador Core 2 Duo de 1,86 GHz, 2GB de RAM, 128GB de memória SSD e placa de vídeo Nvidia GeForce 320, um pouco mais caro (1.299 dólares - 4.599 reais no Brasil), obteve nota 90 no WorldBench 6 e manteve sólidos 25 frames por segundo no COD4, na mesma resolução e opções gráficas.

Performance
Enquanto os números do Air são superiores, quando comparados à maioria dos netbooks (bem mais baratos) com Windows, isso não acontece com laptops PC na mesma faixa de preço. Exemplo disso é o Lenovo IdeaPad Y460 (999 dólares), com processador Core i5, 4 GB de RAM e placa de vídeo dedicada ATI Mobility Radeon HD 5650; No WorldBench 6, a pontuação foi 106 – um salto comparado aos 74 pontos do Air de 11 polegadas. O IdeaPad  possui uma tela maior de 13 polegadas, entretanto pesa 1,3 Kg a mais do que o Air de 11 polegadas. 

 

grafico01.jpg

Versão de 11 polegadas do Air ficou em último lugar, acompanhado de perto por seu "irmão mais velho" de 13 polegadas

Por um pouco menos do que o MacBook Air de 13 polegadas nos Estados Unidos (1299 dólares), é possível adquirir um HP Envy 14 por 1289 dólares, nos EUA. Nos testes, o esse modelo também ficou com nota 106 (contra os 90 pontos do Air), e vem de fábrica com bons recursos, incluindo GPU (Unidade de Processamento Gráfico, em inglês) ATI Mobility Radeon HD 5650, muitas portas e um drive óptico (um tanto quanto antiquado, mas que não é encontrado no Air), em uma peça de 2,4Kg.

O Air de 13 polegadas, contudo, tem suas vantagens: é mais leve, funciona por mais tempo com uma única recarga (6 horas, comparado ao Envy 14, que durou 4,5 horas) e vem com 128 GB de memória SSD (no Envy 14, só é possível pular para 256 GB de memória flash, único upgrade disponível pela HP, que sai muito mais caro).

Gráficos
Na hora de jogar, a disputa não foi nada equilibrada: as taxas de 23 e 25 frames por segundo dos MacBooks Air de 11 e 13 polegadas, respectivamente, não foram páreo para os 61 frames por segundo do Envy 14 no Call of Duty 4, nas mesmas configurações máximas de gráfico e resolução de 1024x768.

grafico02.jpg

Hora de jogar: notebooks da Apple só conseguiram bater o notebook da Asus, na taxa de frames por segundo

Outra opção com performance superior, tanto nas tarefas gerais quanto para jogar, é o Alienware M11x de 11 polegadas (1.299 dólares), com processador Core i7 640UM de 1.2GHz, 4GB de RAM e placa Nvidia GeForce 335M dedicada.

O notebook teve nota 91 no WorldBench 6, diferença mínima comparado ao resultado do Air de 13 polegadas, porém muito visível se comparado ao modelo de 11 polegadas do laptop da Apple. Novamente, o M11x deixou o Air comendo poeira nos testes dos games, produzindo 41 frames por segundo ao rodar COD4, com resolução 1024x768 e configurações gráficas no máximo, graças a sua placa de vídeo dedicada, com tecnologia Optimus GPU.

Bateria
Se sua prioridade em um laptop é bom desempenho com uma bateria de longa duração, alguns laptops Windows conseguem derrotar o Air. Por exemplo, o U33jc da Asus (999 dólares) é mais barato do que o Air de 13 polegadas e durou 7 horas em uma única carga, comparado às 6 horas do MacBook Air, além de alcançar nota 103 no WorldBench 6. Esse tipo de performance é resultado de um equipamento mais pesado (2 Kg) para comportar uma bateria maior que suporte a GPU Nvidia GeForce 310M e o processador Core i3 370M capaz de gerenciar planilhas e streaming de vídeo com igual eficiência.

 

grafico03.jpg

Mesmo com melhores resultados, o Air ficou longe do pódio na vida útil da bateria

Vale lembrar que essa comparação não é uma discussão se o MacBook Air é melhor ou pior do que laptops com Windows; isso cabe ao consumidor decidir. Mas atende a uma dúvida que muitos leitores têm. Se o usuário procura uma performance razoável em um equipamento extremamente leve, e dinheiro não é problema, o Air é a escolha certa. No entanto, com o mesmo montante de dinheiro, se velocidade for o principal diferencial, vale olhar para uma máquina com Windows.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail