Home > Notícias

Macworld, em janeiro, será a última com participação da Apple

A Apple anunciou nesta terça-feira (16) que a Macworld Conference & Expo 2009 será a última com participação da companhia. A empresa disse ainda que Steve Jobs não fará seu tradicional discurso.

Macworld/EUA

16/12/2008 às 22h15

Foto:

A Apple anunciou nesta terça-feira (16) que a Macworld Conference & Expo 2009 será a última com participação da companhia. A empresa disse ainda que Steve Jobs não fará sua tradicional apresentação de abertura do evento, que é organizado pelo IDG Expo.

Jobs será substituído por Phil Schiller, vice-presidente sênior de marketing de produtos da Apple. Esse será o último keynote da empresa na exposição e congresso anual.

Produtos como o iPhone, o iTunes, o MacBook Air e o navegador Safari foram apresentados por Jobs durante a abertura da Macworld Expo, nos últimos anos.

>>>Análise: o fim de uma era da Macworld Expo

"Creio que será o fim da Macworld Expo", disse Michael Gartenberg, vice-presidente de pesquisas da JupiterMedia e editor do blog MobileDevicesToday. "É o fim de uma era". Schiller fará seu discurso às 9h do dia 6 de janeiro, no horário da Califórnia.

Em um comunicado oficial, a Apple explicou que está criando novos métodos para interagir com seus consumidores.

"A Apple está atingindo mais gente de mais modos que antes e, como muitas companhias, as exposições se tornaram uma pequena parcela de como a Apple atinge seus consumidores", diz o comunicado publicado no site da empresa. "A maior popularidade das lojas de varejo da Apple, com mais de 3,5 milhões de visitas toda semana, e o site Apple.com permitem à Apple atingir diretamente mais de 100 milhões de clientes em todo o mundo de diversos novos meios inovadores".

Além das lojas, a Apple tem realizado eventos para lançar novos produtos, como iPods e computadores. "Diferente de outras empresas, a Apple consegue atrair imprensa e analistas para eventos quando ela quiser", disse Gartenberg. "Sem Steve Jobs, provavelmente será uma Macworld muito fraca neste ano", afirmou.

A Apple diz que vem reduzindo sua participação em congressos e exposições nos últimos anos, incluindo o NAB, a antiga Macworld da costa leste, em Nova York/Boston (cancelada em 2005 e sem a Apple desde três anos antes), Macworld Tóquio e a Apple Expo em Paris.

phil-schiler

Phil Schiller, vice-presidente sênior de marketing de produtos da Apple,
fará o keynote da Macworld 2009 no lugar de Steve Jobs

De qualquer maneira, as previsões indicavam um ano difícil para a Macworld Expo neste ano. Participantes como a Belkin cancelaram sua participação citando as condições econômicas. E a Adobe também cancelou sua participação na exposição, mas fará algumas sessões de treinamento durante o evento.

O IDG Expo, organizador do evento, diz que a Macworld Expo continua em 2010. Já começaram a circular rumores e hipóteses sobre o que a Apple deve anunciar na Macworld Expo - vão de um iPhone nano a uma linha de netbooks.

Em tempo: o colunista Jim Goldman, da CNBC, diz que a decisão da Apple de sair da Macworld foi política e não está relacionada às questões de saúde do CEO Steve Jobs.

Jobs já sofreu de um caso raro de câncer no pâncreas e, em suas últimas aparições públicas recentes, ele surgiu cada vez mais magro.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail