Home > Notícias

Mais curto, fevereiro registra índice menor de spam e mais phishings

Dia dos Namorados nos EUA e crise global motivam spammers, mas média mensal caiu. Incidência de phishings, contudo, dobra.

Redação da MIS Asia / Cingapura

26/02/2009 às 15h36

Foto:

No início de fevereiro, o total de spams registrados globalmente subiu para 79,5% de todos os e-mails, afirma a MessageLabs. Segundo a empresa, o fato ocorre devido ao aumento em atividades de botnets. Além disso, o início do mês foi alvo de táticas que usaram temas como o Dia dos Namorados dos Estados Unidos e a crise econômica mundial.

A estatística para o restante com mês, contudo, mostra queda de 1,3% em comparação com janeiro, para uma média de 73,3% de todos os e-mails enviados sendo spams.

Outros destaques de PC WORLD:
> Vivo recolheu mais de 1 milhão de celulares e acessórios para reciclagem

O número de phishings praticamente dobrou entre janeiro e fevereiro, passando de um e-mail malicioso a cada 396,2 e-mails para um phishing a cada 190,4 mensagens eletrônicas.

Os dados da MessageLabs apontam ainda que 26,1% de todos os malwares com base na web interceptados eram novos. Além disso, foram registrados 941 novos sites criados diariamente para hospedar códigos maliciosos.

Segundo relatório da Symantec, o Brasil é o segundo maior emissor de spams do mundo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail