Home > Notícias

Mais um operário de fábrica que produz iPhone comete suicídio

Número de mortes já chega a 10 só este ano; Foxconn também produz equipamentos para Dell e HP

PC World/EUA

25/05/2010 às 18h21

Foto:

Os trabalhadores da fabricante chinesa Foxconn realmente precisam de ajuda. A empresa, que produz aparelhos como iPhone e iPod para a Apple, além de equipamentos para Dell e HP, acaba de registrar o décimo suicídio de funcionário só em 2010.

A última vítima foi um rapaz de apenas 19 anos, que se matou nesta terça (25/5), saltando de uma ponte. Este cenário mostra uma face obscura da indústria de eletrônicos de consumo. Grupos como o China Labor Watch denunciam condições inadequadas de trabalho em fábricas.

Para combater esse cenário, a Foxconn afirma que irá investir na contratação de psiquiatras, entretenimento e até em preces de monges. A taxa de mortes na companhia é a maior já registrada, mas fica abaixo da média por habitantes da China.

Em fevereiro, a Apple divulgou um documento, resultado de uma auditoria feita em seus fabricantes em países como Taiwan, China, Filipinas, Cingapura e Tailândia.  O estudo encontrou várias irregularidades, como trabalho infantil e horas de trabalho não registradas.

Há duas semanas a imprensa chinesa divulgou que pelo menos 62 funcionários que trabalham para a Apple na produção do iPhone 4G tiveram que ser hospitalizados. Eles foram vítimas de intoxicação por substâncias químicas utilizadas na fabricação das telas sensíveis ao toque do smartphone.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail