Home > Notícias

Manifestantes protestam contra mortes em fábrica de iPhone

Na abertura da Computex, grupos de defesa dos direitos dos trabalhadores chamam Steve Jobs de sanguessuga

IDG News Service

01/06/2010 às 16h57

Foto:

Os visitantes da Computex, evento de tecnologia que acontece em Taiwan, tiveram uma recepção barulhenta nesta terça (1/6). Um grupo de manifestantes que defende os direitos dos trabalhadores gritava slogans contra empresas como Apple e Dell e exibiam cartazes com fotos de Steve Jobs, com palavras como “procurado” e “sanguessuga".

Os protestos são motivados pelas condições de trabalho em fábricas de empresas como a Foxconn (também conhecida como Hon Hai), fabricante asiática que produz equipamentos como o iPhone para a Apple, além de produtos para empresas como HP e Dell. Só este ano já foram registradas doze tentativas de suicídio (dez delas terminaram em mortes)  nas fábricas da Foxconn.

“Eles ganham um volume enorme de dinheiro, mas não se importam com responsabilidade social, não ligam para as condições de trabalho. Muitas de suas fábricas não têm a menor condição”, afirma Lennon Ying-Dah Wong, secretário geral do First Commercial Bank e um dos 30 manifestantes.

Vários clientes da Foxconn, entre eles Apple, HP e Dell, disseram que irão trabalhar em conjunto para combater essa onda de mortes nas fábricas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail