Home > Notícias

Manutenção: empresas dão mais valor a prazo de entrega do que a preço

Já o usuário final dá mais importância ao preço do serviço e indicação da empresa a ser contratada, segundo dados da Riosoft.

William Marchiori, da PC World

02/03/2010 às 16h38

pc_manut_150.jpg
Foto:

pc_manut_150.jpgAs empresas contratantes dão mais valor ao prazo para a prestação do serviços do que aos preços cobrados na manutenção de PCs. É o que constatou pesquisa realizada pela Sociedade Núcleo de Apoio à Produção e Exportação de Software no Rio de Janeiro (Riosoft). Já para as pessoas físicas estão mais preocupadas com fatores como recomendação e preço.

Foram ouvidas 700 pessoas (400 pessoa físicas e 300 jurídicas) no Rio de Janeiro no primeiro mês de 2010. O critério básico para participar do estudo era que possuíssem computador e tivessem usado o serviço de assistência técnica nos últimos dois anos.

Os prazos de atendimento ao chamado (21%), de execução do serviço
(25%) e a recomendação de terceiros (17%) influenciam diretamente a
escolha do prestador quando o cliente é uma empresa. Entretanto, 87% dos
usuários finais acham mais importante a recomendação, enquanto 85% dos
entrevistados levam em consideração o preço do serviço.

Leia também: 
>> Quando, como e por que fazer manutenção no seu computador
>> Como atualizar a BIOS do seu PC
>> Dez aplicativos para dar uma geral no sistema
>> Que fazer com um PC que deu pau antes de mandá-lo para assistência técnica
>> Decida se você deve ou não abrir o PC para limpá-lo

 

Segundo o estudo, a assistência técnica tem custo médio total para as empresas de 145 reais, saltando para 191 reais no caso de empresa de maior porte. Consumidores finais pagaram entre entre 20 reais e 100 reais (42% da amostra) pelo serviço, enquanto 43% afirmaram não ter pago não pagaram nada pelo serviço de assistência técnica recebida..

A Riosoft constatou ainda que o número de solicitações de manutenção aumenta conforme o tamanho das organizações contratantes. Enquanto na média as microempresas utilizaram o serviço 2,9 vezes em dois anos, as pequenas empresas acionaram a manutenção 8,6 vezes, número que dobra no caso das médias empresa (17,3 vezes).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail