Home > Notícias

Máscara da Xiaomi custa apenas R$ 13 e protege até 99% contra poluição

Peça consegue filtrar bactérias, pólen e partículas minúsculas. Até o momento, acessório é exclusivo da Índia, um dos países mais poluídos do mundo

Da Redação

18/01/2019 às 10h30

Foto: Xiaomi

A Xiaomi é conhecida por fabricar tablets, smartphones e pulseiras inteligentes. Mas a gigante chinesa agora investe em outro tipo de produto: máscaras protetoras. Essa é a proposta da Mi AirPOP, um acessório para proteger os usuários dos males causados pela poluição do ar.

O item promete uma filtragem avançada aos chamados materiais particulados finos (PM2.5, na sigla em inglês), que estão presentes no oxigênio que respiramos nas grandes cidades. A empresa afirma que o tecido é capaz de reduzir a inspiração de até 99% de bactérias, pólen e partículas que não conseguimos enxergar a olho nu.

Segundo o site indiano da Xiaomi, a Mi AirPOP conta com quatro camadas de proteção e um sistema de circulação de ar que, aliado ao tecido especial, garante mais conforto durante o uso. Ela também pode ser utilizada em atividades físicas mais leves, como caminhadas e corridas pouco intensas. O único porém é a durabilidade: cerca de 15 horas. Após esse período, o material se torna descartável.

Por enquanto, a peça é vendida somente na Índia, um dos países mais poluídos do mundo. O preço é bastante acessível: 249 rúpias, cerca de R$ 13 na conversão atual, e inclui duas unidades da máscara.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail