Home > Notícias

McAfee critica Android e Google chama empresas de segurança de “charlatãs”

Relatório da empresa aponta falhas na plataforma da gigante de busca e destaca medidas preventivas da Apple para melhorar a proteção do sistema

PC World/EUA

05/12/2011 às 19h40

Foto:

Um novo relatório da empresa de segurança McAfee revelou que as ameaças móveis estão em crescimento, e os usuários da plataforma iOS parecem estar muito mais seguros do que aqueles que utilizam Android. 

Segundo o estudo, o lançamento do Ice Cream Sandwich, que promete unificar as versões do sistema operacional do Google em uma única plataforma, num sistema muito mais coeso, poderia tornar o Android mais vulnerável aos crackers. A padronização do tipo de hardware no qual o sistema roda também pode reduzir o custo médio para desenvolver malwares, cada vez mais eficientes.

A McAfee aponta que, depois que o Android ultrapassou o Symbian como maior smartphone do mercado, a plataforma também atraiu a atenção dos usuários mal-intecionados para efetuar ataques com malwares - cerca de 63% no segundo bimestre de 2011.

Enquanto que a ascensão notável do sistema operacional aberto nos últimos quatro anos é um fator importante, a empresa de segurança aponta que o sistema sofre de sérias deficiências de proteção, uma falta notável de APIs de alto nível para desenvolvedores em segurança, utilização de uma máquina virtual baseada em Java insegura para executar apps, e a ausência de assinaturas digitais confiáveis para os aplicativos. 

 

iOS5_390.png

iOS: controle da Apple ajuda na proteção do sistema

O que a Google tem a dizer?
Chris DiBona, gerente de programas open source do Google, postou uma alfinetada em seu perfil no Google+: “Companhias de segurança estão brincando com seus medos para tentar vender seu software de proteção para Android, RIM ou iOS. Eles são charlatões”.  DiBona destacou o kernel do Linux que está por baixo tanto do Android quanto do iOS e que enquanto ele assume que alguns aplicativos têm “se comportado mal", o especialista diz que mesclar os sistemas funciona, completando que não houve grandes problemas com vírus em plataformas móveis. 

A "fortaleza Apple"
A postura  de “jardim murado” da Apple é um forte virtual em comparação ao Android, especialmente quando se trata de proteção contra malware. De acordo com a McAfee, “A Apple tem feito até agora um trabalho excelente na segurança de seus aparelhos. Até a publicação desse relatório, não houve casos de malware para iPhones que não fizeram jailbreak”, segundo a empresa.

Isso não significa que o iOS é “à prova de balas”. A McAfee prevê uma possível situação na qual um aplicativo legítimo, útil (até mesmo pago) pode ter um código malicioso escondido que escapa à detecção e permanece inativo por certo tempo, “acordando” em determinado momento para roubar as informações do usuário ou causar estragos. “Algumas aplicações na App Store podem ter escondido funcionalidades perigosas” observa o relatório. Vale lembrar que um pesquisador de segurança já fez isso, mostrando uma grave falha na plataforma.

A McAfee descreve a Apple como uma empresa que toma medidas preventivas para lidar com ameaças, enquanto que o Google tende mais a reagir contra os malwares. Sem muitas surpresas, mas esse é outro fator importante quando se trata de segurança em plataformas móveis. 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail