Home > Notícias

Médicos usam sistema e grid computing da IBM no tratamento do câncer

Pesquisadores da IBM e médicos dos EUA criam base de imagens digitais para agilizar diagnóstico e tratamento do câncer

Por Computerworld/EUA

29/01/2008 às 18h01

Foto:

Pesquisadores da IBM e uma equipe de médicos estão criando uma base de imagens digitais que auxiliará oncologistas a diagnosticar e tratar pacientes de câncer mais rapidamente e com mais sucesso.

Leia mais:

O Instituto do Câncer de Nova Jersey está digitalizando tomografias computadorizadas e ressonâncias magnéticas com o sistema Power6 570 Series, doado pela IBM. As equipes também usam a rede de computadores World Community Grid, também da IBM.

“Ao digitalizar as imagens, é possível comparar números com muito mais precisão, pois você as transformou em bits e bytes”, explica o vice-presidente de iniciativas globais da IBM, Robin Willner.

A próxima fase do projeto, segundo Willner, é criar uma base de dados que suportará até milhões destas imagens. Diversos centros de tratamento do câncer nos Estados Unidos poderão usar e incluir dados no acervo.

As informações ajudarão os médicos a comparar imagens de novos e antigos pacientes, auxiliando na escolha de um tratamento com base em assinaturas de proteínas similares.

Esta não é uma iniciativa isolada de grid computing. Um projeto consolidado em 2007 usa os consoles PlayStation 3 para auxiliar pesquisadores a encontrar a cura para o mal de Alzheimer.

Outro projeto, que também usa a World Community Grid da IBM conseguiu, graças à rede de computadores, reduzir de 162 para apenas 2 anos o tempo de análise de proteínas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail