Home > Notícias

Medida da Anatel para celulares não afetará produtos lançados no Brasil

Segundo assessoria da Agência, usuários que comprarem aparelhos antes de chegada ao país terão de esperar certificado oficial.

Da Redação

13/11/2012 às 15h17

Foto:

A nova medida da Anatel e das operadoras brasileiras contra celulares clonados e piratas não afetará o iPhone e outros aparelhos lançados no Brasil.

Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações, o usuário pode comprar o aparelho desejado fora do país, desde que o modelo já tenha sido homologado no Brasil. Caso contrário, será preciso esperar essa certificação da Anatel para habilitar. A assessoria do SindiTelebrasil (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel e Celular) confirmou a informação.

No entanto, produtos que não sejam lançados no Brasil, caso da HTC, por exemplo, que não possui mais representação no país, não poderão ser usados por aqui.

Normalmente, os produtos da Apple demoram entre um e dois meses para serem homologados no Brasil desde seu anúncio nos EUA. Por exemplo, o iPhone 5 demorou menos de um mês para ser liberado para venda no país - apesar disso, ainda não há uma data de lançamento por aqui.

A Anatel reforçou que a medida tem foco em afetar os chamados celulares “xing lings”, que em grande parte tem origem a partir de contrabando.

Veja também:

- Review: iPad mini entrega experiência completa de tablet

- Review: iPhone 5 é o próximo passo na evolução dos smartphones

- Review: MacBook Pro 13" Retina alia bom desempenho e portabilidade

iphone5_435

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail