Home > Notícias

Mercado de banco de dados deve crescer 8,2% até 2013, diz IDC

Em 2009, setor faturou U$ 500 milhões. Os segmentos que mais investiram foram manufatura, finanças e telecomunicações.

Redação da Computerworld

28/01/2010 às 16h32

Foto:

Com o reaquecimento da economia brasileira, o mercado de banco de dados deve voltar a crescer, com um aumento médio de 8,2% até 2013. É o que prevê o estudo Brazil Semiannual RDBMS Tracker, feito pela consultoria IDC. Segundo o levantamento, em 2009 a área movimentou 500 milhões de dólares e se manteve estável em relação ao ano anterior. Cerca de 50% desse volume refere-se a renovação, manutenção e upgrade dos sistemas, já que com o cenário de turbulência houve uma queda na compra de novas licenças. 

De acordo com o analista de software da IDC, Samuel Carvalho, este é um mercado diretamente ligado ao Produto Interno Bruto (PIB) do País e  se a economia brasileira cresce, o mercado de banco de dados é o primeiro a registrar superávit. "Ou seja, se as empresas registram aumento no número de informações e dados, devem investir em novas tecnologias para que tenham condições de suportar o crescimento”, afirma. Ele destaca ainda que um dos fatores que prejudicou o setor de banco de dados foi a volatilidade cambial.

"As oscilações registradas durante o ano de 2009 prejudicaram a estabilidade dos contratos de médio e longo prazo e novas compras", explica Carvalho. “Como o preço dos produtos e serviços tem relação direta com a moeda americana, este fator gerou aumento no preço dos produtos. Muitas empresas repassaram o custo adicional aos clientes“, destaca.

O estudo aponta ainda que os segmentos que mais investiram em banco de dados no Brasil estão manufatura, finanças e telecomunicações. Juntos, somam mais de 50% do mercado. O setor de manufatura, que foi o mais afetado pela crise, acabou freando os investimentos em novas licenças e expansão dos sistemas para manter os que já possuem.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail