Home > Notícias

Mercado de smartphones cresce 24% em 2009

Gartner havia projetado crescimento de 29% no ano, mas resultado decepcionou no terceiro trimestre

IDG News Service

15/12/2009 às 15h27

Foto:

A participação dos smartphones nas vendas de telefones móveis foi menor que o esperado para 2009 e a Nokia é a principal responsável por isso, avalia a empresa de pesquisas de mercado Gartner.

Os smartphones deverão fechar o ano representando 14% das vendas, em unidades, para usuários finais - crescimento de 24% em relação a 2008. Mas o Gartner havia previsto um aumento ainda maior nas vendas dos dispositivos, segundo a diretora de pesquisa Carolina Milanesi.

“Contávamos com um aumento de 29% para 2009, e estávamos certos até o segundo trimestre”, afirmou Milanesi.

O terceiro trimestre foi uma decepção - principalmente, segundo o Gartner, por causa da ausência de novos smartphones topo-de-linha da Nokia. E os consumidores que aprovam os produtos da Nokia não estão necessariamente comprando smartphones de outros fabricantes, o que afeta o mercado, sustenta Milanesi.

A diretora prevê que, em 2013, praticamente um em cada três celulares vendidos será do tipo smartphone. Mas, se as operadoras móveis continuarem vendendo os dispositivos combinado a pacotes de dados de tarifa fixa, o custo poderá ficar fora do alcance de vários consumidores.

Em geral, as vendas de celulares para consumidores devem cair menos de 1% em 2009, totalizando 1,2 bilhão de unidades, segundo o Gartner.

O mercado se beneficiou de um aumento nas vendas na Europa Ocidental, na América do Norte e nas regiões da Ásia e do Pacífico.

A companhia prevê que as vendas cresçam novamente no ano que vem, em cerca de 9%. Além disso, o preço médio dos celulares deve cair cerca de 2 dólares.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail