Home > Notícias

Micron paga US$ 400 milhões pela Inotera, fabricante de memórias

A negociação dará à Micron a parte que cabe à Qimonda no joint venture Inotera, que produz memórias DDR2 e DDR3 DRAM.

IDG News Service/China

13/10/2008 às 9h02

Foto:

Após a compra de 400 milhões de dólares, a Micron vai receber os 35,6%
de participação da Qimonda na joint venture Inotera. A parceria foi criada com
a fabricante de Taiwan Nanya Technology para produzir DDR2 de 1GB e DDR3 DRAM.

Mesmo anunciando a negociação, as empresas não
disseram quando esperam que o acordo seja concluído. Só foi revelado que a Qimonda
vai receber dois pagamentos de 200 milhões de dólares, o segundo quando receber
a aprovação final dos órgãos reguladores.

Em análise sobre a queda no valor das DRAM,
o analista do UBS Uche Orji já tinha falado sobre a
Mícron comprando a participação da Qimonda
.

A Inotera tem a capacidade de 120 mil wafers de 300 mm por mês nas suas duas fábricas
em Taiwan.

Recentemente, a Micron anunciou que vai cortar 2850 funcionários nos próximos dois anos, ou 15% da sua força de trabalho, por conta dos baixos preços de memória DRAM.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail