Home > Notícias

Microsoft aproxima Windows 7 e Azure do universo open source

Empresa trabalha com fornecedores tradicionais da área de código aberto para alavancar a interoperabilidade entre as plataformas.

Paul Krill, da InfoWorld (EUA)

28/10/2009 às 9h35

Foto:

A Microsoft apresenta nesta quarta (28/10) uma série de iniciativas para alavancar a
interoperabilidade entre as tecnologias da Microsoft (em particular o Windows 7),
a plataforma de cloud computing Windows Azure e a ferramenta de
aplicações web Silverlight com tecnologias de software livre,
incluindo as plataformas de desenvolvimento Eclipse e Java.

A iniciativa é mais
uma da série de movimentos que a Microsoft faz para se aproximar do
mundo do código aberto. A empresa parece estar disposta a apoiar
devotos da comunidade a construírem produtos que sejam
interoperáveis com as ferramentas da Microsoft. Duas empresas entram
como parceiras na iniciativa: Tasktop Technologies, famosa pela sua
suíte de aplicativos baseada na plataforma Eclipse e Soyatec, que
tem como especialidade o desenvolvimento de código aberto na
plataforma Java.

“O anúncio faz parte
da estratégia de tornar nossos produtos mais abertos”, afirma
Vijay Rajagolopan, principal arquiteto para a equipe estratégica de
interoperabilidade da Microsoft.

A parceria com a
Tasktop tem uma meta: desenvolver a experiência de
desenvolvimento em Eclipse para a recém-lançada plataforma do
Windows 7. O ambiente integrado de desenvolvimento do Eclipse rodará
no Windows 7 e será utilizado para construir aplicações tirando
vantagem de todos os recursos do sistema que são utilizados pelos
softwares fechados.

A Microsoft vai
anunciar também o Windows Azure Tools for Eclipse, um plug-in de
código aberto que oferecerá aos desenvolvedores em PHP
flexibilidade para a criação de aplicações web para a plataforma
de cloud computing. O plug-in terá assistentes e utilitários para
escrever, remover erros e implantar as aplicações no Azure.

Outro pacote
relacionado ao Azure é o kit para desenvolvimento de software (SDK)
para Java. O pacote entrega a metodologia de serviços de
armazenamento de dados do sistema e oferece métodos de
desenvolvimento para a criação de aplicações web. “A ideia é
permitir que os desenvolvedores Java criem aplicativos que possam
usar o armazenamento do Azure”, diz Rajagopalan.

De acordo com a
analista do IDC, Al Hilwa, as iniciativas da Microsoft são
louváveis, ainda que tenha em vista seus próprios interesses. “É
importante que a empresa tenha uma visão mais aberta, mesmo que para
seu próprio benefício. A grande questão é se a comunidade de
desenvolvedores vai dar espaço às iniciativas de código aberto da
Microsoft”, diz.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail