Home > Notícias

Microsoft Bing terá busca separada para conteúdo adulto

Com medida, empresas e internautas poderão bloquear mais facilmente resultados considerados impróprios em pesquisas online.

Computerworld / EUA

15/06/2009 às 18h32

Foto:

A Microsoft criou um novo endereço para o Bing, que busca, entre outras coisas, conteúdo pornográfico como fotos e vídeos. Segundo a companhia, o objetivo não é criar uma busca apenas para material adulto, mas separar os resultados impróprios para menores do endereço principal do Bing. Essa busca está acessível a partir do endereço http://explicit.bing.net.

“Para o consumidor, a medida é invisível, mas ela permite filtrar o conteúdo por domínio, facilitando o bloqueio de conteúdo”, afirmou o diretor geral do Bing, Mike Nichols. Um dos motivos dessa medida é o recurso do buscador que mostra uma prévia de vídeos buscados.

Em alguns poucos casos, vídeo de conteúdo impróprio podia ser visualizado sem que o internauta entrasse no site. Criar um domínio específico para conteúdo pornográfico foi uma boa resposta para esse problema, disse Dan Olds, o principal analista da Gabriel Consulting Group.

“As pessoas estavam reclamando do recurso”, disse. “Esse é um bom jeito de lidar com a situação e de anunciar à imprensa o que estava acontecendo. Não quer dizer que a Microsoft esteja censurando conteúdo, também. Ela está apenas dando aos consumidores a opção de buscar conteúdo impróprio ou não.”

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail