Home > Notícias

Microsoft desiste de Seinfeld em campanha do Windows Vista

Reações negativas dos dois primeiros anúncios com Gates e Seinfeld e guinada em direção ao perfil clássico do PC guy marcam mudança.

ComputerWorld/EUA

18/09/2008 às 9h38

Foto:

Os longos e confusos anúncios da Microsoft em que o comediante Jerry Seinfeld e o co-fundador da companhia Bill Gates interagem, que começaram a ser divulgados há duas semanas, terminaram abruptamente, confirmou a desenvolvedora nesta quarta-feira (17/09).

A Microsoft admite que tomará um novo rumo com sua campanha, avaliada em 300 milhões de dólares, que tenta dar um impulso extra à combalida imagem do Windows Vista no mercado de consumo.
 
Carregando o tema "Windows. A vida sem paredes", os novos anúncios mostrarão a Microsoft "adotando audaciosamente" a frase "Eu sou um PC", que se tornou famosa nos jocosos comerciais da Apple na campanha "Get a Mac", para se reabilitar no mercado, reportou o New York Times.

Um dos novos comerciais mostrará até mesmo um engenheiro de software real da Microsoft se apresentando: "Olá, eu sou um PC e eu me tornei um estereótipo", afirma o Times.

A Apple vem "gastando muito dinheiro para reposicionar nossa marca e falar quais os pontos que defendemos", afirmou um diretor e marketing da Microsoft ao Times. A empresa quer "se ater à narrativa", continuou.

Mais de 60 empregados da Microsoft aparecerão nos anúncios, junto a seus e-mails. Bill Gates também aparecerá na nova campanha, junto a celebridades como a atriz Eva Longoria, o escritor Deepak Chopra e o cantor Pharrell Willians.

A nova estratégia é diferente daquela usada nos dois anúncio longos e confusos que apareceram na mídia norte-americana nas últimas semanas, em que Gates e Seinfeld conversavam em uma loja de sapatos e tentavam conviver com uma família convencional.

A falta de ligação clara entre as duas fases dos anúncios na campanha, junto à falta de relação direta da publicidade com o produto que promove, parece ter implicado em críticas negativas na blogosfera.

Um porta-voz da Microsoft afirmou que isto não é correto, citando uma consultoria contratada pela Microsoft que afirmou que quase dois terços dos posts em blogs e comentários sobre os anúncios eram positivos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail