Home > Notícias

Microsoft diz que não vai mais insistir em acordo com o Yahoo

Empresa despista comentários de Steve Ballmer sobre acordo ainda estar em jogo. Ações do Yahoo valorizam em média 11%.

IDG News Service/ EUA

16/10/2008 às 16h38

Foto:

A Microsoft não tem interesse em insistir na aquisição do Yahoo, afirmou a empresa nesta quinta-feira (16/10).

O anúncio despistou comentários públicos do Chief Executive Officer (CEO) Steve Ballmer, que sugeriu que um acordo entre as empresas ainda estaria em jogo.

“Não há discussões entre as empresas”, disse a Microsoft em declaração oficial, divulgada após sites como o Bloomberg publicarem a frase de Ballmer, dizendo que o acordo seria de interesse econômico para os acionistas de ambos os lados.

Ballmer fez o comentário em uma conferência do Gartner, em Orlando, nos Estados Unidos, nesta quinta-feira (16/10).

Os boatos de um possível acordo dispararam o valor das ações do Yahoo no mercado norte-americano que, nesta quinta-feira (16/10), valorizaram em média 11%.

As ações da Microsoft também subiram rapidamente, graças a Ballmer - mas caíram novamente para seu preço na abertura do dia, de 22,97 dólares.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail