Home > Notícias

Microsoft estuda trazer versão de atualização do Windows 7 no Brasil em janeiro

Opção mais barata do sistema operacional só está disponível nos EUA. Microsoft estuda forma de ampliar benefício para o País.

Nando Rodrigues, da PC World

21/10/2009 às 19h46

logo_Win7_150.jpg
Foto:

logo_win7_150.jpgA Microsoft avalia oferecer a opção de atualização do Windows 7 para usuários do Vista. O novo sistema operacional, que chega ao varejo a partir desta quinta-feira (22/10), está disponível apenas nas versões completas (full) do Home Basic Full; Home Premium Full; Professional; e Ultimate.

Segundo o diretor do grupo de consumo e online da Microsoft Brasil, Osvaldo Barbosa de Oliveira, esse não é um problema restrito ao Brasil. “O update online só está disponível nos Estados Unidos por conta de problemas relacionados a billing [cobrança]”, diz o executivo.

Na maior parte dos países, Brasil inclusive, a venda dos produtos da Microsoft não é feita diretamente pela empresa e sim por intermédio do distribuidor ou revenda, daí a dificuldade de intermediar esse pagamento.

Leia também:
>> Especial Windows 7: tudo sobre o novo sistema operacional da Microsoft
>> Sete prerrequisitos para instalar o Windows 7
>> Quem usa o XP vai pagar 'caro' para migrar para o Windows 7
>> Windows 7: as dez melhores coisas que existem nele

A Microsoft estuda formas de viabilizar a atualização, ou seja, uma versão mais barata do sistema operacional para quem já é usuário da plataforma Windows, prática que a empresa sempre adotou. “O upgrade não está fora do radar e avaliamos que esta opção esteja disponível já a partir do segundo trimestre do lançamento do Windows 7”, informa a gerente de marketing do grupo de consumo e online da Microsoft, Maria Heloísa Morel.

Estratégia de lançamento
Enquanto isso não acontece, o Windows 7 chega às lojas com preços compatíveis com as versões de atualização do Vista. A mais barata delas, o Windows 7 Home Basic Full, custa 329 reais.

Segundo Maria Heloísa, estudos feitos pela empresa à época do lançamento do Vista demonstraram que, no varejo, a venda de caixas de versões completas do sistema operacional foi superior à de atualização. “Isso nos levou a procurar uma forma de simplificar as coisas na visão do consumidor no ponto de venda. Em lojas especializadas, não haveria problema, mas no grande varejo é mais difícil o consumidor comum entender a diferença entre a versão full e a atualização”.

Nos Estados Unidos, a mesma versão do software sai por 199 dólares (cerca de 350 reais) e cai para 99 dólares (pouco mais de 170 reais). Esta diferença funciona como um incentivo principalmente para quem comprou o Vista e que, se migrar neste momento para o Windows 7, vai pagar o mesmo valor que aquele usuário que permaneceu no Windows XP.

Se você tem o Vista e está pensando em migrar para o Windows 7, o melhor a fazer é aguardar. Primeiro para garantir que os eventuais problemas da nova versão do sistema operacional sejam resolvidos. Depois, para se beneficiar do upgrade, que deve chegar no início de 2010.

Já quem utiliza o Windows XP e em um computador cuja configuração é incompatível com o novo sistema operacional, Osvaldo Barbosa diz que o melhor é partir para a compra de um PC novo e que já traga o Windows 7 instalado.

E para os usuários que resolverem migrar neste momento para o Windows 7 e eventualmente tenham dificuldades durante a instalação, a Maria Helena explica que Microsoft criou um serviço de suporte especial, por telefone num primeiro momento, e que pode ser estendido para o atendimento em casa, caso o problema não tenha sido resolvido.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail