Microsoft fecha o cerco contra a pirataria de software, como o XP

Atualização do Windows Genuine Advantage inclui dados mais recentes sobre cópias ilegais do XP, versão mais pirateada do sistema.

https://pcworld.com.br/microsoft-fecha-o-cerco-contra-a-pirataria-de-software-como-o-xp/
Clique para copiar

A Microsoft anunciou uma atualização da ferramenta antipirataria Windows Genuine Advantage (WGA) para o Windows XP Professional, nesta quinta-feira (25/03). Em um post no blog do WGA, Alex Kochis, gerente sênior de produto do WGA  explicou que a atualização envolve o WGA Notifications, componente antipirataria que exibe mensagens ou outros alertas na tela do usuário quando é detectada uma cópia ilegal do Windows.

> Saiba como remover o WGA

"Essa atualização compreende os dados mais recentes de validação, incluindo chaves de ativação furtadas recentemente ou utilizadas de forma imprópria”, informa Kochis, que destaca ainda que o programa também detecta tentativas de driblar a ativação do sistema operacional - mais conhecidas como ‘cracks’ –, populares em sites de download de arquivos que oferecem software piratas.

A atualização do WGA se aplica somente à versão Professional do Windows XP. Esta é a única versão para a qual alguns fabricantes de PCs oferecem o downgrade do Windows Vista. Usuários que adquirem versões Premium ou Ultimate do Vista podem fazer o downgrade para o XP Professional gratuitamente ou pagando uma taxa, dependendo do fabricante.

A Microsoft reconhece que os piratas preferem o Windows XP ao Vista. No ano passado, a empresa anunciou que faria campanhas antipirataria em 2009 para alertar usuários sobre o alto índice de falsificação do Windows XP.

Em agosto do 2008, o WGA passou a incluir uma função para liberar atualizações automáticas somente aos usuários que aprovassem a instalação do WGA. Além disso, cópias ilegais do Vista, assim como do XP, reconhecidas pela ferramenta passaram a exibir uma tela preta e um alerta no lugar do desktop após uma hora de uso. Estas características foram mantidas nesta atualização, de acordo com Kochis.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site