Home > Notícias

Microsoft flexibiliza configuração de portáteis que ficam com o XP

Limite para oferta do XP Home aumenta de tela de 10,2 para 14,1 polegadas e disco rígido de 80 gigabytes para 160 GB.

IDG News Service/EUA

03/07/2008 às 9h24

Foto:

A Microsoft diminuiu as exigências de hardware para fabricantes de ultraportátreis que desejam oferecer o Windows XP instalado, revelam documentos acessados pelo IDG News Service.

Embora 30 de junho tenha sido o último dia da venda do Windows XP em prateleira, a Microsoft fez diversas exceções para oferta do antigo sistema operacional, incluindo sua continuidade em laptops de baixo custo, como a linha Eee PC da Asus, e mini desktops.

Mais sobre Windows XP:
> Especial: tudo sobre o fim do XP
> Brasileiro encontra XP disfarçado
> Em 1º ano, Vista é assombrado pelo downgrade
> Ouça: Microsoft explica SP3 do XP e downgrade

A idéia de Microsoft é oferecer o Windows XP Home Edition nas máquinas populares para encorajar os fabricantes a oferecerem uma opção ao sistema operacional Linux, de código aberto. No entanto, a oferta do XP envolve determinadas exigências de hardware.

Pelos novos termos descritos nos documentos, as máquinas populares que desejam rodar o Windows XP devem ter telas de até 14,1 polegadas e oferecer uma capacidade de armazenamento em disco rígido de até 160 Gigabytes. O limite anterior se aplicava a máquinas com tela de até 10.2 polegadas e HD de 80 GB. A restrição para processamento continua a mesma - chips de até 1 GHz e memória RAM de até 1 GB.
++++
Sob os novos termos, especialmente em relação ao tamanho da tela, o Windows XP pode vir instalado em máquinas populares com design padrão, não apenas em ultraportáteis. O Windows Vista Home Basic também passa a ser oferecido como uma segunda opção ao Windows XP Home, em máquinas de baixo custo.

Os documentos também mostram que a Microsoft cobra 32 dólares por máquina pelo XP Home Edition pré-instalado em ultraportáteis padrão, nos mercados emergentes. O valor sobe para 47 dólares para máquinas com telas maiores.

Já os fabricantes de PCs que atendem determinadas exigências da Microsot e se aliam ao Market Development Agreement da empresa, podem ter descontos de até 10 dólares por licença do XP Home, conforme mostram os documentos.

A Microsoft  não quis comentar o assunto, dizendo que não se pronuncia sobre detalhes de acordos com fabricantes de PCs.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail