Home > Notícias

Microsoft lança atualização antipirataria para Windows 7

Atualização é opcional e entra em contato com a Microsoft a cada 90 dias para verificar legitimidade do sistema operacional.

Computerworld/EUA

25/02/2010 às 12h05

Foto:

Como prometido, a Microsoft começou a oferecer aos usuários do Windows 7 uma atualização para o software anti-pirataria da empresa via Windows Update.

A atualização para o Windows Activation Technologies (WAT), o programa antipirataria anteriormente conhecido como Windows Genuine Advantage (WGA), foi massacrada por críticos.

No começo do mês, a co-fundadora da People For Internet Responsibility (PFIR), Lauren Weinstei, pediu para usuários do sistema operacional bloquearem a atualização opcional, dizendo que o WAT é inaceitável por examinar o PC do consumidor a cada 90 dias para garantir que o micro rode uma versão legítima do Windows 7.

Quando a Microsoft anunciou a atualização do WAT no dia 11 de fevereiro, disse que a revisão era necessária para detectar mais de 70 “exploradores de ativação”, termo usado pela Microsoft para designar o que outros chamam de “crack”, que ativa o produto usando chaves roubadas em cópias ilegais do Windows 7.

Na época, a Microsoft disse que a atualização do WAT periodicamente “ligaria para casa”, ou para os servidores da Microsoft, para revalidar a cópia do Windows 7 como legítima, assim como usaria as oportunidades para atualizar assinaturas de ativação e detectar novos cracks. Inicialmente, disse o gerente do grupo de ativação da Microsoft, Joe Williams, o WAT se conectaria à empresa a cada 90 dias.

Usuários do Windows 7 que têm o Windows Update configurado para baixar e instalar atualizações automaticamente receberão o WAT – classificado como KB971033 – sem precisar fazer nada.

Para bloquear a atualização, marcada como “importante”, usuários devem configurar o Windows Update para que o programa avise quando chegam novas atualizações. Assim, antes da instalação ser feita, uma janela com pedido de autorização surgirá no sistema.

Como diversas atualizações do Windows, a KB971033 está marcada apenas como “Atualização para o Windows 7 (KB971033)” no Windows Update. Apenas quando os consumidores selecionam a atualização aparece uma descrição mais detalhada. Ainda assim, a descrição não fala sobre a função de validação repetitiva.

Usuários cujo PC já baixou e instalou a atualização do WAT podem desinstalá-la pelo Painel de Controle. A opção de desinstalação também é nova para o software anti-pirataria da empresa. As atualizações do antigo WGA não podiam ser desinstaladas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail