Home > Notícias

Microsoft libera kit grátis de programação para Windows Phone 7

Pacote inclui Visual Studio 2010, Silverlight 4 e versão beta do Expression Blend 4, além de um emulador do smartphone para testes.

Network World/EUA

15/03/2010 às 20h17

Foto:

A Microsoft anunciou nesta segunda-feira (15/3), em sua conferência MIX 10, a liberação imediata de versões gratuitas de suas principais ferramentas de desenvolvimento, projetadas para dar aos desenvolvedores um jeito rápido de começar a construir aplicativos para os futuros smartphones com Windows Phone 7.

Desenvolvedores já podem baixar o Visual Studio 2010, o Silverlight 4 Multimedia Toolkit e a recém-anunciada versão beta do Expression Blend 4, um kit de ferramentas para projeto e geração de código com interface gráfica. Eles vêm acompanhado de um emulador com o sistema operacional Windows Phone 7- dessa forma, os desenvolvedores não têm de esperar pelos primeiros smartphones reais, que só deverão chegar ao mercado em outubro.

Quem já tem experiência nas ferramentas da Microsoft poderá ganhar tempo na migração de seus aplicativos existentes para o smartphone, bem como na produção de softwares inéditos, até mesmo jogos com o novo XNA Game Studio 4. Mais uma vez, os executivos da Microsoft repetiram que os desenvolvedores podem construir sua aplicação uma única vez para simplesmente rodá-la em qualquer dispositivo, fazendo apenas pequenos ajustes.

Marketplace
No entanto, muitas questões foram deixadas sem resposta durante a sessão de abertura do evento, incluindo como a Microsoft vai estruturar sua loja online Windows Phone Marketplace, onde desenvolvedores publicam e vendem software.

Também não ficou claro como os desenvolvedores poderão integrar suas aplicações aos ‘hubs’ do Windows Phone 7, que é como a Microsoft chama as áreas especiais na tela onde o conteúdo é agrupado, como fotos ou música, e tarefas comuns e recursos são habilitados.

Mas tal integração é possível, como foi demonstrado por uma variedade de novas aplicações de terceiros demonstradas no evento.

Uma delas é a Associated Press Mobile, um leitor de notícias do site da AP. Na demonstração, a aplicação se comportou como qualquer outro programa nativo do WP7. Notícias foram associadas com fotos, com as opções de compartilhar e comentar. Um pop-up de "últimas notícias" no fundo da tela indicou a capacidade de notificação do novo sistema operacional: dependendo da aplicação, os usuários poderão configurar uma lista de notificações, que serão enviadas esteja o celular ligado ou não.

Silverlight
Os representantes da Microsoft enfatizaram o papel que o Silverlight 4 terá nos aparelhos WP7. Aliada a um grupo de fabricantes de celulares, a Microsoft criou uma especificação de hardware para smartphones com WP7. Isso inclui uma poderosa capacidade gráfica, que é explorada pelo Silverlight para criar efeitos suaves e fluidos de UI, sem qualquer sinal de falha.

"Isso é Silverlight em sua plena forma", disse Scott Guthrie, vice-presidente corporativo da divisão de desenvolvedores da Microsoft. "É o mesmo código, as mesmas ferramentas e o mesmo modelo de programação, mas no celular."

Acoplado ao Bing Maps, o Silverlight pode ser usado para carregar mapas interativos associados com um link em um tweet. Exemplo: um mapa interativo aparece num pop-up. A partir dele, você pode abrir uma imagem panorâmica, dar zoom e ver se há algum contato seu por perto. Se houver, será possível até obter uma rota para encontrá-los. Essa foi a demonstração do Seesmic, aplicativo para gerenciar atividades no Twitter. Por enquanto, o Seesmic só existe para celulares Android e BlackBerry, mas está sendo retrabalhado para funcionar no Windows Phone 7.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail