Home > Notícias

Microsoft pagará US$ 50 milhões anuais para o Yahoo durante 3 anos

Acordo prevê também contratação de 400 funcionários da empresa de internet pela fabricante de software.

IDG News Service

05/08/2009 às 9h11

Foto:

A Microsoft pagará 50 milhões de dólares por ano, durante três anos, e contratará ao menos 400 funcionários do Yahoo como parte do acordo na área de buscas anunciado pelas duas companhias na semana passada. O pagamento pode ser usado pelo Yahoo para cobrir despesas de transição e implementação dos termos do contrato.

As informações constam em um documento da Securities and Exchange Commission, órgão que regulamenta o mercado de valores norte-americano e tem atuação semelhante à Comissão de Valores Mobiliários no Brasil.

Em cinco dos dez anos de duração do acordo, a Microsoft poderá optar por engajamento exclusivo nas vendas de serviços de publicidade da companhia de internet, aponta o documento. Neste caso, o Yahoo vai embolsar 93% da receita gerada pela busca do site - que passa a usar o Bing, da Microsoft - em vez de apenas 88%.

Se a Microsoft não fechar um acordo exclusivo, a parte do Yahoo na receita será de, no máximo, 90%. Alguns termos do documento podem tirar o Yahoo do negócio. Um deles seria o desempenho da receita média anual em buscas do Bing nos Estados Unidos se manter abaixo de uma determinada porcentagem na receita estimada pela busca do Google.

O Yahoo pode também sair do negócio se a Microsoft decidir fechar seu negócio de buscas - vendendo a unidade para outra companhia, por exemplo. Nesse caso, o Yahoo teria a prioridade de aquisição.

O negócio entre as companhias deve ser finalizado no dia 27 de outubro e a estimativa é que o período de implementação dure dois anos, prazo que pode ser estendido pelo Yahoo se for necessário lidar com aprovações antitruste.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail