Home > Notícias

Microsoft reduz tamanho das atualizações do Windows 10

Atualizações menores farão sua estreia com o lançamento do Windows 10 versão 1809

Gregg Keizer, Computerworld (EUA)

22/08/2018 às 14h32

windows10logo_62501.jpg
Foto:

A Microsoft anunciou na semana passada que reduzirá o tamanho das atualizações mensais do Windows 10, após a versão 1809 chegar aos PCs dos clientes nos próximos meses. "Apresentaremos um novo design para atualizações de qualidade nas próximas grandes versões do Windows 10 e do Windows Server", escreveu Maliha Qureshi, gerente de programas da Microsoft, no blog da empresa. "Este design cria um pacote de atualização compacto para uma implementação mais fácil e rápida." 

As próximas versões "principais" do Windows 10 e do Windows Server são chamadas de 1809 no formato ano/mês da Microsoft, o que denota o suposto mês de lançamento. Idealmente, o upgrade de recursos será lançado no próximo mês, mas a atualização da Microsoft geralmente é executada um mês depois.

As atualizações de qualidade são os patches de segurança dos sistemas operacionais - e correções de bugs não relacionados à segurança - emitidos várias vezes por mês. Por exemplo, na segunda terça-feira do mês, portanto, "Patch Tuesday", a Microsoft lança atualizações de segurança para corrigir vulnerabilidades. Além de atualizações que a Microsoft designou como B, C e D, um termo que confundiu muitos administradores de TI. 

A partir da próxima versão, apenas uma atualização de qualidade será enviada; ela será consideravelmente menor do que a Microsoft chama de atualização completa. As atualizações de qualidade também serão um pouco maiores do que o que a Microsoft chama de atualizações expressas, os pacotes muito menores que variam em tamanho, de 150MB a 200MB. 

Atualmente, a Microsoft oferece três tamanhos diferentes de atualizações de qualidade para o Windows 10: full, express e delta. No mês passado, a empresa informou aos clientes que pararia as entregas de atualização delta a partir de 12 de fevereiro de 2019, deixando apenas atualizações completas e expressas para o Windows 10 1803 e versões anteriores. 

Mas o anúncio de Qureshi reduz para apenas uma atualização no Windows 10 e no Windows Server 1809 e posteriores. "Começando com a próxima grande versão do Windows 10 e Windows Server, haverá apenas um tipo de atualização de qualidade e será menor em tamanho, redistribuível e mais simples de gerenciar". 

As novas atualizações de qualidade serão fornecidas diretamente por meio do Windows Update e indiretamente por meio das ferramentas Microsoft Windows Update Services (WSUS) e System Center Configuration Manager (SCCM), ou por plataformas de gerenciamento de patches de terceiros. Eles também serão publicados no Catálogo do Microsoft Update no formato de instalador autônomo (.msu). 

Dependendo de como um computador pessoal, servidor ou outro dispositivo Windows recebe atualizações mensais, a economia em tempo de download ou transmissão pode ser substancial. De acordo com Qureshi, as empresas que agora baixam e armazenam atualizações para posterior distribuição a PCs gerenciados "experimentam enormes economias em largura de banda de rede e tamanho de cachê em seus pontos de distribuição ou servidores de atualização". 

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail