Home > Notícias

Microsoft sugere que máquinas Windows 8 com chips ARM terão acesso ao desktop “clássico”

Post no blog da companhia insinua compatibilidade, mas deixa em aberto se suporte será para sistema em um processador ARM ou Intel

Jared Newman

08/02/2012 às 19h44

Foto:

A Microsoft ainda não respondeu se computadores Windows 8 equipados com processadores ARM irão suportar ou não a clássica interface "desktop" do Windows, além da nova interface "Metro". Entretanto um post recente em um blog da empresa deu a entender que a compatibilidade pode estar a caminho. 

No texto publicado no blog Building Windows 8 da Microsoft, há uma discussão (muito) técnica sobre eficiência energética. E no meio de todos os detalhes há menções a respeito de arquiteturas "Sistema em um Chip" (SoC, em inglês) e como elas podem entrar em um estado de “standby conectado”, no qual os computadores entram em uma espécie de hibernação, consumindo muito pouca energia, enquanto ainda conseguem recebem informações. 

O blog discute como o Windows 8 irá gerenciar tanto aplicativos do desktop quanto da interface Metro no modo de standby conectado. Conforme apontou Mary Jo Foley do ZDNet, processadores ARM utilizam arquiteturas SoC, logo o suporte aos dois tipos de aplicativos nesta arquitetura sugere que computadores baseados em ARM poderão suportar a interface desktop do sistema operacional da Microsoft. 

Entretanto, a questão não é tão exata assim, principalmente porque a Intel está trabalhando em seu próprio SoC de codenome Medfield, que utiliza arquitetura x86. Sendo assim, o post no blog da Microsoft pode estar se referindo apenas ao sistema rodando em processadores Intel. 

A grande diferença é que, diferentemente das máquinas baseadas em x86, que utilizam em sua maioria processadores da Intel e AMD, sistemas em um chip baseados em ARM geralmente consomem menos energia e podem sair do standby quase que instantaneamente. E, assim como aponta o texto da companhia de Redmond, sistemas SoC podem entrar em um estado de quase repouso, porém ainda assim recebem e-mails, mensagens de texto e outros tipos de informações. Apesar da solução da Intel parecer promissora e capaz de rodar todas as aplicações do Windows para desktop, não fica claro se o Medfield estará disponível para tablets até o lançamento do Windows 8. 

Em algum momento, a Microsoft precisará oferecer respostas mais objetivas a respeito de como o desktop irá funcionar em dispositivos Windows 8 baseados em ARM - não apenas para experts, mas também para consumidores comuns que não se importam em relação às diferenças técnicas entre arquiteturas de sistemas. Talvez eles ainda estejam pensando na melhor maneira de dar essa explicação. 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail