Home > Notícias

Microsoft tira acesso de 1 milhão de usuários do Xbox 360 da rede Live

Jogadores que modificam console para rodar jogos piratas foram bloqueados. Live ganhará Facebook e Twitter nos próximos dias.

Redação PC World/EUA

13/11/2009 às 13h29

Foto:

Cerca de um milhão de usuários da Xbox Live perderam o acesso ao serviço nos últimos dias. A Microsoft começou a banir aparelhos modificados da rede para conter a pirataria de jogos do console.

Os usuários que modificam o console, adicionando chips ou disco rígido não autorizado para utilização de jogos piratas estão violando os termos de uso da Live, argumenta a empresa para justificar o bloqueio.

O lançamento do aguardado Call of Duty: Modern Warfare 2 para o console possivelmente incentivou a companhia a combater usuários de jogos piratas. Uma versão ilegal do jogo vazou na internet dias antes do lançamento oficial.

Uma vez banido, o console fica impossibilitado apenas de usar os recursos da rede Live. Jogar – seja com produtos originais ou piratas – continua sendo possível.

Em conseqüência do banimento, muitos usuários preferem se desfazer do console excluído da rede, vendendo em sites como eBay por cerca de 90 dólares – um Xbox 360 custa a partir de 200 dólares nas lojas norte-americanas.

A Microsoft também anunciou uma atualização do console prevista para o dia 17 de novembro. A empresa adicionará ao serviço o acesso a Facebook, Twitter, Last.fm e compatibilidade com vídeos do Zune.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail