Home > Notícias

Microsoft Word faz 25 anos hoje

Aplicativo foi criado em um centro de pesquisas em 1974. Conheça a sua trajetória e a galeria de imagens.

PC World/EUA

23/10/2008 às 10h54

Foto:

Nesta quinta-feira (23/10), o Microsoft Word completou 25 anos. O processador de textos, no último um quarto de século, passou por diversas mudanças. Para começar, no início não era o Word, mas sim o Xerox Bravo, desenvolvido no centro de pesquisas Xerox Palo Alto em 1974 por Charles Simonyi e Butler Lampson, para a máquina Xerox Alto.

Em 1981, Simonyi se juntou à Microsoft após oferta de Bill Gates. A dupla, mais Paul Allen, começou a desenvolver aplicativos de planilhas, base de dados e texto. Após integrar ao grupo o executivo da Xerox, Richard Brodie, surgiu a ferramenta “Multi-Tool Word”, que pouco tempo depois, passou a ser apenas “Microsoft Word”.

O Word 1.0 foi lançado para o sistema já falecido da Microsoft, Xenix, e para o MS-DOS, em 1983. Enquanto isso, a empresa contratou uma equipe, em 1985, para criar uma versão do aplicativo para Mac.

> Confira galeria de imagens que resume os 25 anos de história do Microsoft Word

A versão para o Windows chegou em 1989, com interface parecida com a do Mac, custando 500 dólares. O Word se consolidou no mercado de processadores de texto após o lançamento do Windows 3.0 e o aumento de vendas do software para este sistema.

O Word ganhou um 'assistente' virtual em sua versão de 1997. O 'Clippit', contudo, mais atrapalhava do que ajudava, e não era querido sequer por Simonyi. No Word 2000, os usuários se depararam com uma interface polêmica, que mostrava apenas os itens do menu mais usados pelo usuário.

Para baixar a polêmica, no Word 2002 a Microsoft eliminou o 'Clippit', usando a estratégia em uma campanha apelando para a fácil usabilidade do aplicativo, que dispensava um auxiliar.

Na última versão do software, o Word 2007, a empresa aderiu à interface Ribbon, que agrupa funções parecidas no mesmo lugar, simplificando a navegação dos usuários. Atualmente, a Microsoft encara fortes concorrentes, como o pacote de aplicativos gratuito OpenOffice - cuja 3ª versão atingiu 3 milhões de downloads em uma semana - e o aplicativo online Google Docs.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail