Home > Notícias

Mídia online no Brasil deve faturar R$ 1 bilhão em 2009, segundo IAB

Segundo a instituição, setor online deve abocanhar 4,2% do total dos gastos com publicidade no País este ano.

Daniela Braun, editora-executiva do IDG Now!

16/03/2009 às 10h46

Foto:

O Internet Advertising Bureau (IAB) Brasil afirmou nesta segunda-feira (16/03) que, em 2009, a mídia online brasileira deverá receber investimentos de 1 bilhão de reais e representar uma participação de 4,2% do total dos gastos com publicidade no País. As estimativas foram feitas com base em dados do projeto Inter-meios e também com informações fornecidas por associados do IAB.

No ano passado, a participação da internet no bolo publicitário foi de 3,5% somando um volume investido de 760 milhões de reais. Os números incluem dados do comércio eletrônico e links patrocinados - neste último caso, sem contemplar os dados do Google, que possui a maior participação nesse mercado, mas que não divulga seus dados.

A métrica usada pelo IAB é diferente da metodologia do Ibope, cuja pesquisa divulgada na semana passada apontou que a mídia online brasileira faturou 1,6 bilhão de reais em 2008. O IAB Brasil tem 95 associados, que somam mais de 98% do mercado publicitário online do País, segundo o presidente da instituição, Guilherme Ribemboim.

Internautas
De acordo com a medição do Ibope Nielsen Online, o número de internautas residenciais foi de 24,5 milhões e, até o fim do ano, o IAB estima que o país tenha 28 milhões de internautas residenciais ativos, um crescimento de 20% em relação a 2008.

No total, o IAB estima que o País termine o ano com 68,5 milhões de internautas (residenciais e corporativos). Só no quarto trimestre de 2008, 62,3 milhões de pessoas acessaram a rede. Segundo Ribemboim, a participação da classe C continua aumentando e deve chegar a 45% este ano; no ano passado, ela era de 39% e, em 2007, de 33%.

Em relação a conexões de banda larga, o IAB prevê que 2009 termine com
87% dos internautas residenciais  conectados em alta velocidade. Em
dezembro de 2008, este porcentual era de 83%, de acordo com dados
fornecidos pelo Barômetro Cisco da Banda Larga.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail