Home > Notícias

Migre.me atualiza infraestrutura e deve oferecer novos serviços

Aumento de cliques nas URLs curtas geradas obriga site a trocar provedor de hospedagem, por outro mais 'potente'.

Lygia de Luca, do IDG Now!

03/07/2009 às 12h07

Foto:

Entre fevereiro e junho, o número de cliques em endereços de páginas web (URLs) curtas geradas pelo portal brasileiro Migre.me saltou de 10 milhões para 80 milhões. Por isso, nesta sexta-feira (3/7), haverá uma migração de servidor, que anuncia novos recursos do serviço.

Segundo Jonny Ken Itaya, diretor de tecnologia da Kingo Labs, empresa que administra o Migre.me, atualmente o site está em servidor semidedicado. Esta semana, devido ao grande número de acessos, o serviço enfrentou instabilidades.

“Buscamos um servidor mais potente para melhorarmos o desempenho do Migre.me”, explica Itaya. Os testes com o novo servidor - fruto de uma parceria com o serviço UOL Hosting - estão sendo feitos e, durante a migração do banco de dados, o site pode ficar fora do ar por cerca de 15 minutos.

Itaya revela que o antigo servidor era um empecilho para seus planos de implementar novidades no Migre.me todas as sextas-feiras. “A primeira vez que caiu em junho foi quando ativamos um recurso durante a madrugada, mesmo que o período tenha menos acessos”, diz.

Os usuários podem esperar, para as próximas semanas, além de um novo layout, recursos como estatística de cliques por cidade, histórico de cliques e contagem de cliques na URL reduzida vindos do mesmo protocolo de internet (IP).

Além disso, será possível mudar o link de origem usado para gerar uma URL reduzida pelo Migre.me, “caso o endereço que usou quebrar ou estiver errado”, segundo Itaya.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail