Home > Dicas

Molhou seu iPhone? Saiba o que fazer para recuperá-lo

Separamos dicas especiais para você salvar seu smartphone nesses casos, além de apontar os principais perigos e situações com água que podem danificá-lo

CIO / EUA

16/07/2012 às 16h12

Foto:

Derrubar o iPhone na piscina, na privada ou em uma poça d´água pode ser uma grande dor de cabeça para os usuários já que o plano de garantia Apple Care não cobre danos por água – causa número um de morte dos smartphones em geral, incluindo os da Apple.

Quando uma tragédia dessas acontece um indicador especial dentro do iPhone muda de cor, deixando óbvio para você, um funcionário da Apple e qualquer outra pessoa que seu aparelho já deu um mergulho e, por isso, não tem mais garantia. O indicador em questão fica localizado na entrada de fone de ouvido do produto e fica vermelho após o “banho”.

iphonemolhado01

Mas o que fazer nesses casos? Conversamos com Tavis McGinn, pesquisador da SquareTrade, uma assistência técnica especializada em eletrônicos, que elaborou um guia passo-a-passo para evitar que o usuário tenha de desembolsar milhares de reais por um novo iPhone.

Primeiro e mais importante passo: não tente ligar o iPhone após ele cair na água ou ser molhado e parar de funcionar. Você não vai querer enviar uma corrente elétrica para molhar componentes internos. Um em cada cinco iPhones danificados tem a água como causa e normalmente exige a troca completa do aparelho porque os circuitos estão literalmente fritos, afirma a SquareTrade.

Em seguida, coloque o iPhone em uma bacia e cubra-o com arroz cru por cerca de 24 horas – se puder deixar um pouco mais que isso não fará mal nenhum. Você também não precisa abrir o iPhone. Na verdade, a SquareTrade recomenda que você não desmonte o aparelho. O arroz vai sugar a umidade, deixando o iPhone sequinho. Uma vez que tiver passado esse período indicado na bacia, vá em frente e ligue o aparelho, que deve estar funcionando normalmente.

iphonearroz01

“Mais pessoas teriam uma boa chance de salvar seus telefones se fizessem isso”, afirma Shay.

Agora, se nem assim o seu iPhone voltar a funcionar, é porque o banho que ele tomou foi muito demorado e a solução é levá-lo para a assistência técnica.

Mais resistente

Uma boa notícia para os donos de iPhone é que segundo a SquareTrade o aparelho da Apple é menos suscetível a danos causados pela água do que os smartphones com o sistema rival Android, muitos dos quais possuem baterias removíveis. Isso acontece porque um celular com tampa traseira e bateria removível tem mais pontos por onde a água pode se infiltrar e ter acesso aos componentes internos.

Perigos variados

Além de poder derrubá-lo na privada, existem outros perigos no banheiro, como o vapor do chuveiro. Por isso, o melhor a fazer é deixar seu aparelho longe do cômodo. Uma outra forma comum de danificar o iPhone é ao fazer uma mala para ir para a praia ou piscina. Lá, o smartphone pode entrar em contato com areia da praia, protetor solar ou ainda ter a má sorte de ser alvo de uma garrafa plástica frágil ou com a tampa solta.

Outro conselho da SquareTrade é não deixar o iPhone em cima da mesa quando estiver comendo em casa ou em um restaurante. Há muitos líquidos que podem entrar em contato com o seu estimado e caro aparelho.

E se você costuma fazer exercícios na academia, em casa ou na rua, acompanhado de seu iPhone, é essencial ter um case que o proteja do suor e outros líquidos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail