Home > Notícias

Motorola entra com processo para “impedir venda do iPhone 4S nos EUA”

Comprada há pouco tempo pela Google, fabricante acusa a "maçã" de violar seis de suas patentes com o novo smartphone e o serviço na nuvem iCloud

PC World / EUA

26/01/2012 às 10h33

Foto:

Em mais um round na guerra de patentes entre as grandes empresas de tecnologia, a Motorola abriu um processo contra a Apple alegando que a empresa viola seis de suas patentes móveis com o iPhone 4S (e por tabela) com o serviço na nuvem iCloud, informa o site especializado FOSS Patents.

Entre elas, há patentes sobre “antena externa oculta” e “aparato para controlar a utilização de software adicionado a um aparelho de comunicação portátil”. Na ação, a companhia pede que a venda do aparelho da Apple seja suspensa.

A Motorola só entrou com essa ação contra a Apple após receber a aprovação da Google. Isso porque uma das cláusulas no contrato (ainda pendente) de aquisição da Motorola pela Google afirma que a fabricante de celulares não pode dar entrada em ações judiciais por processos sem a aprovação da gigante de buscas.

iPhone4s300

iPhone 4S: na mira da Motorola

A Apple já entrou em batalhas judiciais por patentes com a grande maioria das fabricantes de aparelhos Android, chegando ao ponto de vencer uma disputa com a HTC, que evita que a fabricante venda seus telefones nos EUA. Assim, a “maçã” não atacou diretamente a Google em nenhum de seus processos, preferindo focar seus esforços nas fabricantes dos aparelhos com o sistema da gigante de buscas.

O processo da Motorola contra a Apple pode levar a uma proibição da venda do iPhone e do uso do serviço iCloud nos EUA. Mas o mais provável é que as duas empresas entrem em um acordo sobre o caso.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail