Home > Notícias

Motorola usa o C.E.S.A.R. para desenvolver software de rede

Três projetos da área de 'home and network' da fabricante estão sendo desenvolvidos pela instituição, no Recife (PE).

Fabiana Monte, da Computerworld

14/08/2009 às 14h19

Foto:

A fabricante de equipamentos de telecomunicações Motorola está desenvolvendo software no Brasil para sua área de "home and network", responsável por produtos de conectividade para uso doméstico. O desenvolvimento dos aplicativos será feito pelo Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (CESAR), instituição de pesquisa e desenvolvimento tecnológico localizada em Pernambuco.

Ao todo, três projetos estão sendo desenvolvidos em parceria pela empresa e o centro de pesquisas: Communications Convergence Engine (CCE); EMTA GUI e Motorola NBBS. "Acumulamos recursos da Lei de Informática", diz o gerente de Novos Negócios da Motorola Brasil, José Geraldo de Almeida, sem informar, no entanto, qual é o valor total investido pela empresa na iniciativa.

Esta é a primeira vez que o departamento de "home and network" da Motorola decide pelo desenvolvimento de software no Brasil. Outras divisões da fabricante, no entanto - como é o caso da área de celulares, mantém ações do tipo no País.

O primeiro projeto é um aprimoramento no CCE, plataforma que permite às operadoras de TV digital projetar, empacotar e gerenciar conteúdo digital e serviços, além de distribuí-los a seus assinantes. O objetivo é desenvolver uma versão de baixo custo do CCE, para pequenos e médios clientes, com foco na criação de uma solução para tornar o CCE compatível com diferentes idiomas.

Já o projeto EMTA GUI é focado na criação de interfaces e ferramentas para os usuários dos modems Motorola. A meta é fazer com que os usuários visualizem todas as informações desejadas nos aparelhos. A operadora, por sua vez, poderá operar o aparelho remotamente, caso haja algum problema técnico, pois a interface gráfica será a mesma.

Por último, a proposta do projeto ligado ao NBBS é desenvolver uma nova solução para a ferramenta, com uma interface específica para os usuários finais, assim como no suporte técnico dos provedores de serviços. O NBBS possibilita aos provedores de serviço de rede monitorar, configurar, fazer manutenção e diagnosticar problemas de equipamentos baseados em IP, como modems e set-top boxes instalados na residência do assinante de serviços de banda larga.

"O CESAR está fazendo um pedaço grande desse desenvolvimento, que é integrado ao esforço global da Motorola. O interessante é participar dessa rede mundial porque estamos criando know how no Brasil e algumas dessas mudanças podem migrar para produtos vendidos aqui", afirma Almeida.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail